Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

DF deverá ter campanha publicitária contra a covid-19

Os dois novos hospitais de campanha deverão ser abertos no Gama e em Santa Maria

Por Catarina Lima 03/03/2021 5h59
Foto: Agência Brasil

O Governo do Distrito Federal deverá preparar uma campanha publicitária para conscientizar a população sobre a gravidade da covid-19 e a importância da prevenção. O governador do DF, Ibaneis Rocha, disse que solicitou à sua equipe que providenciasse a peça publicitária. Em entrevista ontem, à TV Bandeirantes, Ibaneis anunciou a contratação de dois hospitais de campanha com 100 leitos cada um. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, a princípio o GDF estuda construir os hospitais nas regiões do Gama e de Santa Maria, mas também poderá ser em outra localidade, caso se verifique maior necessidade. A contratação das obras ficará a cargo da Novacap.

Em sua conta numa rede social o governador disse que a disponibilização destes leitos dará um conforto ao DF e contribuirá para reabertura do comércio, fechado desde o dia 1° de março pelo Decreto 41,849, que estabeleceu medidas restritivas para conter o avanço do coronavírus.

O governador espera que a transmissão da infecção no DF caia abaixo de 1 para que as medidas de lockdoown sejam reduzidas. No primeiro dia de fechamento do comércio, a transmissão estava em 1,08, índice que permanecia na segunda-feira. Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, quando a taxa de transmissão está abaixo de 1 a infecção tende a reduzir ou acabar. Já quando está acima de um, como no DF, a epidemia avança.

Enquanto o governo corre contra o tempo para abrir novos leitos, a Secretaria de Saúde está montando as equipes para que os leitos possam funcionar. A primeira nomeação de servidores deste ano pelo GDF foi de 15 médicos intensivistas. Eles deverão intensificar o atendimento nas UTIs. Os profissionais nomeados têm até 30 dias para se apresentar, com a documentação necessária para a posse. Essa foi a primeira nomeação de servidores concursados em 2021.

“As nomeações são importantes neste momento, em que a gente tem um número muito grande de pacientes vindo procurar a nossa rede de saúde, para que eles possam, então, ser atendidos”, ressalta o secretário de Saúde, Osnei Okumoto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entorno

A cidade goiana de Águas Lindas, localizada a 53,4 quilômetros do DF, considerada pelo governo de Goiás em situação de calamidade devido à epidemia de coronavírus, decretou no dia 1° de março medidas restritivas, com duração de 14 dias. O comércio não foi fechado, mas o horário de funcionamento está restrito ao período de 5h às 20 horas. Apenas farmácias, clínicas de saúde, inclusive veterinárias, cemitérios, serviços funerários, borracharias, entre outros, poderão funcionar sem limitação de horário.

Outro município goiano que restringiu o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais ao período entre 5h e 20 horas foi a cidade de Luziânia, também localizada no entorno do DF, a uma distância de Brasília de 54,7 quilômetros. Assim como Águas Lindas, o município foi considerado pelo governo de Goiás em situação de calamidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar