Brasília

Cinco assassinatos foram registrados na cidade durante o dia de ontem

Por Arquivo Geral 14/06/2006 12h00

O presidente do Senado, and see Renan Calheiros (PMDB-AL), for sale formalizou hoje a criação da chamada CPI Mista dos Sanguessugas ao ler, visit this durante sessão do Congresso Nacional, o requerimento que determina a instauração da investigação sobre o suposto envolvimento de parlamentares em desvios de recursos da saúde por meio da compra de ambulâncias.

O senador abriu prazo às lideranças partidárias para que indiquem os integrantes da comissão até a próxima terça-feira, dia 20. Caso eles não o façam, caberá a Renan indicar os componentes da CPI, conforme reza o Regimento Comum da Câmara e do Senado.

"Eu vou fazer a minha parte. Se os líderes não indicarem (os integrantes) eu vou indicar", prometeu o senador.

Após esse passo, a CPI dos Sanguessugas só estará definitivamente estabelecida com a eleição do presidente, vice-presidente e relator, o que poderá acontecer na próxima semana.

Segundo acordo de líderes que propiciou a instauração da investigação, a CPI terá 30 dias para apresentar seu relatório final. Esse prazo poderá ser prorrogado pelo mesmo período, caso seus componentes entendam haver necessidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Dada a singularidade deste ano, espero que a CPI seja concluída em 30 dias", ponderou o deputado Raul Jungmann (PPS-PE), um dos autores do requerimento de criação da CPI.

De acordo com Renan, respeitando a rotatividade do comando de CPIs mistas, a presidência da comissão deverá ser exercida por um deputado e a relatoria, por um senador. A última CPI Mista instaurada, a do Mensalão, foi presidida pelo senador Amir Lando (PMDB-RO) e relatada pelo deputado Ibrahin Abi-Ackel (PP-MG).

As duas maiores bancadas do Congresso, PMDB e PT, já iniciaram as articulações para assumir a presidência e a relatoria da CPI.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A suspeita sobre parlamentares surgiu a partir da deflagração da Operação Sanguessuga da Polícia Federal, que detectou a movimentação de uma quadrilha especializada em fraudar processos de compras de ambulâncias para municípios de diversos estados.

Durante a investigação foram citados os nomes de 61 deputados e um senador que teriam algum tipo de envolvimento nos crimes apurados. Os congressistas teriam beneficiado a quadrilha ao apresentar emendas ao Orçamento da União para a liberação de verbas para a compra dos equipamentos.

Com base nesse levantamento, o procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para instaurar inquérito contra 15 parlamentares. A autorização foi dada pela corte e as investigações foram encaminha das à PF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por volta das 10h40, seek Izaias da Silva de 38 anos, foi preso em flagrante quando atacava com golpes de faca Ana Louza do Nacscimento de 52 anos na QR 216, em Santa Maria. A vítima não resistiu e morreu ao chegar ao Hospital Regional de Taguatinga. Izaias está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP). Na quadra 26 de Planaltina, por volta das14h, Cristiano Torres de Souza morreu após ser atingido na cabeça por três disparos.

Por volta da 17h, enquanto ocorria o jogo Brasil X Croácia, Antonio de Jesus de 33 anos, foi atingido por disparos e morreu no km8 da BR-020, próximo à invasão do Dnocs em Sobradinho.

À noite, mais duas mortes. Na Estrutural, a vitima foi Marcelino Dias de Oliveira de 36 anos, esfaqueado por volta das 22h50 na quadra 5. Ele chegou a ser socorrido no Hran, mas não resistiu aos ferimentos.

No Gama, dois homens foram atingidos por disparos, por volta da 0h10, na Rua Roriz no Setor Norte. João Carlos Lopes de Carvalho, de 28 anos, e Ozeas Araújo de Souza, 26, foram socorridos e levados ao Hospital Regional do Gama, onde Oseias não resistiu e morreu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 






Você pode gostar