Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Por não aceitar separação, pai mata filho de 4 anos e se suicida

O homem também não aceitava que a mulher tivesse um novo namorado e disse que “queria vê-la sofrer”

Da Redação
redaçã[email protected]

Em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba (PR), um homem de 37 anos matou o filho de 4 anos e logo em seguida, se suicidou. Segundo a Polícia Militar, o homem, Neri da Rosa, não aceitava a separação com a mãe de David Gabriel Franco da Rosa, Simone Franco, e queria que “ela sofresse”.

A PM ainda disse que o pai teria enforcado o filho enquanto ele dormia e, depois, em outro cômodo da casa, se pendurou em um corda. Uma carta de despedida foi encontrada no local do crime. “Ele deixou tipo um diário para sua esposa, a condenando pelo fato absurdo que ele cometeu ao matar seu filho, uma criança, um anjo de quatro anos de idade”, disse Job Freitas, superintendente da Polícia Civil de Curitiba, ao jornal Ric Mais.

Além disso, Neri disse na carta que sabia que a Simone tinha uma outra pessoa e que “queria pegar os dois juntos”. No fim do texto, ele cita novamente o filho e demonstra que não aceitava o fim do relacionamento. “Nós dois trouxas esperando por você e você só alegria, felicidade, prazer, tardes maravilhosas. Espero que tenham sido boas porque jamais terá isso. Falei que ia acabar desgraçando a vida de sua família”, escreveu.

Segundo a família de Neri, o relacionamento dos dois sempre foi marcado por brigas e a mulher resolveu terminar. O garoto ficava com o pai aos fins de semana. Como não teve notícias do filho no domingo (16), Simone foi até a casa da ex-sogra e viu o filho e o ex mortos. Por meio das redes sociais, ela fez uma homenagem ao menino.

“A minha vida perdeu todo sentido, você está nos braços de Deus, meu anjo. Deus vai dar forças pra eu sobreviver sem ouvir você me chamar de ‘mamãe minha lindona’. O que vou fazer sem meu roqueirinho, marrentinho e cheio de argumentos pra ganhar a mamãe? Fiz, meu amor, por você o que me foi possível, não deu tempo de ganhar a tão sonhada guitarra né, mas vai tocar no céu meu amor, com todos os instrumentos e uma orquestra de anjos para te acompanhar. A mamãe vai ficar bem, vou ser sempre sua lindona, sua princesa, porque era assim que você me chamava. E você vai ser por todos os dias da minha vida o meu amor, meu príncipe, meu bebê, meu ‘doce de jiló’, meu coração.Te amo e olhe por mim aí de cima que um dia estarei novamente com você nos meus braços”, escreveu.

Davi foi enterrado nesta segunda-feira (17) no cemitério Jardim Guarituba, em Piraquara.

Você pode gostar
Publicidade