fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Florianópolis restringe medidas e aumenta multa por falta de máscara

Prefeito, Gean Loureiro (DEM), reclamou da irresponsabilidade de parte da população. “Esse final de semana foi um exemplo. Está havendo abuso, irresponsabilidade

Avatar

Publicado

em

Foto: AFP
PUBLICIDADE

Paula Sperb
Porto Alegre, RS

Florianópolis, que chegou a ficar um mês sem mortes por Covid-19, viu seus índices piorarem e, por isso, terá medidas mais restritivas a partir de quarta-feira (24). Entre as mudanças está o aumento de dez vezes do valor da multa para quem não usa máscara.
Se antes o valor era R$ 125, agora será R$ 1.250. Casos reincidentes podem acarretar multas de até R$ 2.500,00. Esse também é o valor mínimo para empresas que descumprem os protocolos. A população pode denunciar o descumprimento no site da prefeitura.

O prefeito, Gean Loureiro (DEM), reclamou da irresponsabilidade de parte da população. “Esse final de semana foi um exemplo. Está havendo abuso, irresponsabilidade.

Resultado: número de doentes, que vinha caindo, subiu de 100 para mais de 300 ;em UTIs, o número de internados dobrou. No Hospital Regional de São José, a UTI atingiu 100% da sua capacidade”, disse Loureiro ao anunciar medidas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entre as restrições está o fechamento total de academias e shoppings. Também está vetada a permanência na orla praia, exceto para esportes náuticos e pesca. Áreas de lazer, como a avenida Beira-Mar Norte e a ponte Hercílio Luz, ficarão fechadas nos finais de semana, quando vinha ocorrendo aglomeração.

“É motivo de pânico? Não. Mas, se não tomarmos medidas fortes agora, a situação pode fugir do controle. Como prefeito responsável por essa cidade até dezembro, não vou pagar para ver”, acrescentou Loureiro.

O comércio de rua seguirá aberto, seguindo os protocolos. Restaurantes poderão atender somente das 11h às 15h durante dias úteis. No final de semana, apenas retirada e tele-entrega estão autorizadas.

“Não é hora de lazer, mas de proteção e consciência”, disse o prefeito.
As medidas serão revisadas em 15 dias, segundo a prefeitura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhaPress.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade