Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Amigo mata ex-cantor mirim do SBT a facadas

O assassinato ocorreu em 30 de maio. A polícia acredita que o crime foi premeditado e que Kalil sabia algo que pudesse comprometer o assassino

Publicado

em

Aline Rocha
[email protected]

Kalil Taha, ator e cantor de 26 anos, que ficou conhecido por participar do programa Talentos Brilhantes no SBT, foi morto pelo melhor amigo com 20 facadas na zona norte de São Paulo.

O assassinato ocorreu em 30 de maio, mas só ganhou destaque após a mãe do cantor, Cláudia, no Balanço Geral da Rede Record. De acordo com a 73ª Delegacia de Polícia (DP), responsável pelo caso, disse que o crime foi premeditado, pois a vítima e o amigo tinham combinado um encontro. Uma das linhas de investigação da polícia é a de que Kalil sabia algo que poderia comprometer o assassino.

A polícia explica que Kalil foi esfaqueado pelo amigo dentro do próprio carro e, em seguida, teve o corpo colocado dentro do porta-malas do veículo. Assim que o combustível, o acusado acusado foi até a delegacia, onde confessou o crime e indicou onde havia deixado o carro. O caso foi registrado como homicídio simples.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade