Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Monte Castelo e São Patrício, duas vinícolas de Goiás que você precisa conhecer

Ambas propriedades mostram que o Centro-Oeste é uma região produtora de bons vinhos

Foto: Divulgação

A geografia do vinho brasileiro está a se ampliar! A produção, que antes se reduzia ao Sul do Brasil, agora estende-se ao Nordeste, Sul, Sudeste e ao nosso Centro-Oeste.

Foto: Divulgação

O Estado de Goiás possui algumas vinícolas que já vêm se destacando graças à qualidade de seus produtos. Recentemente, provei vinhos da Monte Castelo e da São Patrício, que me agradaram bastante. O mais interessante é que essas duas propriedades pertencem a integrantes da mesma família, entretanto, cada uma possui seu próprio vinhedo, compartilhando apenas a adega, construída na propriedade da São Patrício.

A Vinícola Monte Castelo situa-se no município de Jaraguá-GO. Produz vinhos com a utilização da técnica da dupla poda. Com aproximadamente 6 hectares, cultivam as seguintes variedades: Syrah, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Petit Verdot, Tempranilhos, e as brancas Sauvignon Blanc e Chenin Blanc.

Foto: Divulgação

Em seu portfólio, estão os vinhos: Sessilia, rosé de Syrah, o Monte Alba Sauvignon Blanc e o Monte Castelo Syrah, safra 2021, premiado com a medalha de bronze no Decanter World Wine Awards, em Londres (Inglaterra). Em breve, serão lançados os vinhos Gran Reserva tintos Albhus Cabernet Sauvignon e Albhus Syrah.

Já a vinícola São Patrício, fundada em 2019, pelo casal Sheila de Podestá e Ricardo de Pina Martin, está localizada em Rianápolis-GO. Elaboram vinhos tintos, brancos e rosés, em vinhedo próprio, com manejo conduzido com dupla poda e colheita no inverno.

Adega que está localizada na São Patrício, mas vinifica também os vinhos da Monte Castelo. Foto: Divulgação

A família embarcou no projeto de viticultura motivados por Milton Santa (Monte Castelo) e pela consultoria do premiado enólogo chileno Cristian Sepúlveda, que durante muito tempo foi enólogo da Vinícola Guapari, no interior de São Paulo.

Enólogo e consultor Cristian Sepúlveda. Foto: Divulgação

Os vinhedos, com 7 hectares, são cultivados a poucos metros do Rio das Almas, local dividido com a Companhia Hidroelétrica São Patrício. Ali estão plantadas as seguintes variedades: Syrah, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Marselan, Malbec e Viognier.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A vinícola fica no Vale do São Patrício, a 600 metros de altitude. Os vinhos são vinificados em tonéis de inox e alguns rótulos amadurecem em barricas de carvalho francês por 6 a 12 meses. A enóloga residente é Barbara Marques, que também vinifica os vinhos da Vinícola Monte Castelo.

Enóloga Barbara Marques. Foto: Divulgação

Em breve, janeiro de 2024, será inaugurado o enoturismo da São Patrício e Monte Castelo. A visita será iniciada com um passeio nos vinhedos da Monte Castelo e, em seguida, haverá degustação dos vinhos das duas propriedades na adega da vinícola São Patrício.

Para quem tiver interesse em provar os vinhos, é possível comprá-los no site Premier Cru Wines (www.premiercruwines.com.br), que vende somente vinhos nacionais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar