Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

O que nos define como um líder?

Quer ser um líder? Descubra quem você é e a sua identidade te fará chegar lá

Por Daiany Nasteoli 01/03/2023 12h15
Foto: Divulgação

Em algum momento da nossa jornada, todos nós tivemos contato com alguém que tinha padrões elevados. Alguém que nos inspirou e nos motivou. Que nos ensinou a estabelecer metas e moveu a confiança e a alma para alcançá-las. Essa pessoa certamente era um verdadeiro líder. Bons líderes são autoconscientes, se comunicam de forma eficiente e eficaz, delegam o trabalho, encorajam o pensamento estratégico e motivam assertivamente a sua equipe a dar o seu melhor.

Mas o que devemos esperar de nossos líderes? O que nos define como um líder? E nós realmente precisamos deles em primeiro lugar? Para responder essas perguntas, a coluna Sucesso! conversou com o empresário e mentor em liderança Ricardo Resstel.

Ricardo Resstel é formado em Ciências Aeronáuticas com MBA em Gestão de Pessoas pela FGV, certificação em Negociação pelo método da Harvard Business School e em Digital Strategies pela Universidade de Columbia. É membro do John Maxwell Team, a maior organização de formação de líderes da atualidade.

“Precisamos de líderes, mas se você não liderar a você mesmo, não lidera ninguém. Esse é o começo. A autoliderança é o único caminho para a disciplina e constância, para criação de hábitos e conquistas. Ela é o processo de conduzir a si mesmo para estabelecer suas metas pessoais e só assim poder guiar outros”, afirma Ricardo Resttel.

O que um líder deve nos proporcionar?
Desde criança todos nós começamos nossas vidas na necessidade de orientação. Por nossa conta, dificilmente teremos a visão, direção e força para atingir nossos objetivos. Um líder oferece uma nova perspectiva, inspirando-nos a abandonar nosso estreito campo de visão. Quando estamos preocupados com os nossos interesses pessoais – sejam eles pequenos ou grandes, um líder envia um despertador, alertando-nos para buscar as verdadeiras prioridades da vida.

Ou seja, um real condutor não somente tem uma visão, ele te dá uma visão.

Quais atributos nos define como um líderes?
Liderança por definição é influência, e um verdadeiro líder é bom em influenciar pessoas para o bem dela. Ele sabe o que as motivam, o que as incentivam, o que as inspiram. Eles têm a mentalidade correta, discutem ideias e anseiam o sucesso dos outros. Um líder é obcecado por desenvolvimento. São pessoas que inspiram e provocam reações positivas em sua equipe para obter resultados, mas na minha concepção a principal atitude de um líder deve ser a de agregar valor na vida das pessoas e isso se inicia pela própria valorização do indivíduo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas infelizmente não é esse o cenário de liderança que muitas vezes encontramos nas empresas e também no perfil de muito empresários. E quando me deparo com líderes que não preenchem os quesitos citados acima, sei que é pela simples falta de preparo. Todo resultado é consequência de um processo. Os líderes acabam surgindo com a necessidade da empresa, que muitas vezes não possuem tempo suficiente para os qualificarem ou simplesmente não o querem fazer. Não possuem técnicas de persuasão e muito menos as técnicas de liderança.

Como reconhecemos um verdadeiro líder?
Um verdadeiro líder é alguém verdadeiramente comprometido em elevar o nível de sua equipe. Ele faz isso servindo diariamente seu time para que cresçam. Ele não quer controle; mas ao contrário. Um líder só se torna indispensável quando se torna dispensável. É o paradoxo da liderança. Ele não impõe sua liderança aos outros, nem tira a autonomia de ninguém. Ele inspira pela admiração e não pela coerção. Devemos reconhecer as características de um verdadeiro líder – não só para que possamos eliminar os manipuladores, mas também porque ao reconhecer as características, estabelecemos um padrão para nossos líderes e, mais importante, para nós mesmos. É somente quando tiro os olhos de mim para olhar para o outro que eu posso realmente ver o que está acontecendo.

E como podemos nos tornar um líder de sucesso?
Saber quem você é de verdade, acreditar em você mesmo já é metade do caminho para o sucesso na liderança. Se você não lidera a si mesmo, fracassará em liderar os outros. Liderança é um jogo de credibilidade. O sucesso pode ser alcançado através de bons hábitos praticados todos os dias. Um líder faz com que pessoas com sonhos se tornem pessoas com visão. Você não precisa estar sempre motivado o tempo todo para alcançar o que deseja. Você precisa ser disciplinado. O perfil de um líder ideal precisa incluir também a competência técnica, experiência de trabalho, habilidades com relações humanas, atributos mentais, características pessoais e a capacidade de influenciar os outros.

Na verdade, um verdadeiro comandante é uma pessoa que está constantemente tentando melhorar a todos e tudo ao seu redor! É uma constante busca por exceder as expectativas, por ir além. E como não existem “líderes que nascem prontos” com todos os traços e comportamentos necessários, o mais apropriado é treinar as pessoas para desenvolver as habilidades de liderança. E essa é a minha missão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entendo que grandes revoluções acontecem em nossas vidas quando saímos do convencional, trazendo inovação e novas visões e utilidades. Eu acredito que o sucesso de qualquer ser humano não depende somente do que você é, mas das escolhas que fazemos a partir de quando descobrimos isso. E o grande diferencial de mentores como o Ricardo está no fato de ele funcionar como uma referência para nós – uma pessoa que nos lembraremos, para sempre, como alguém que mudou a nossa vida pessoal e profissional.

A chegada de Moisés no Egito provocou um grande desconforto. Líderes promovem desconforto aonde chegam porque precisam mudar as pessoas do seu ‘Status quo’. Moisés veio então resolver um problema que para eles era parte de seu cotidiano. Então ele chegou com outra visão e lhes deu outra percepção, mostrando-lhes um novo mundo, e é isso que liderança faz. Mostra outro mundo às pessoas.

Muitas vezes em nossas vidas nos encontramos num espaço intermediário, onde já fomos longe demais para voltar atrás, mas ainda não conseguimos ver a luz no final do túnel. Todo projeto, todo sonho tem esse ponto intermediário. Toda empresa, toda jornada, cada maratona que enfrentamos na vida tem esse momento. O momento que você duvida no escuro do que acreditou na luz. É esse espaço escuro e intermediário que separa os bons dos melhores, os perdedores dos vencedores, os líderes de sucesso dos que tem vidas infrutíferas e sem realizações. Para os militares esse ponto se chama “ponto sem retorno” é o lugar onde você não tem mais combustível suficiente pra voltar ao ponto de partida, então onde só existe uma opção que é a de avançar.

Quem é você nesse espaço, quando você não consegue enxergar à frente? Você se desespera? Perde sua fé? Ou segue em frente? As pessoas até podem não gostar de você, mas elas não podem negar seus resultados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar