Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

O que é empreendedorismo

O empreendedorismo no Brasil é um assunto muito discutido. Afinal, cerca de 70% dos brasileiros sonham em ter seu próprio negocio um dia

Por Daiany Nasteoli 30/06/2022 6h44
Valéria Lessa e Ray Milhomem, sócias da Influ Brasília. Foto: Reprodução/Instagram

Abrir a própria empresa faz parte dos sonhos de milhões de brasileiros. Mas há uma grande confusão ao se tratar do assunto quando se fala em “empreender”. Muitas pessoas acreditam que empreender é abrir uma empresa, o que não é exatamente uma verdade. Na realidade, empreender está mais ligado a uma postura, ou seja, um comportamento, do que como a de encarar os problemas como oportunidades, por exemplo. É por isso que hoje se fala em tantos tipos de empreendedores, como o social e o corporativo. Entretanto, o foco maior ainda está no empreendedor que abre o seu próprio negócio, isto é, no empresário. E o motivo é simples: essa classe movimenta a economia.

E uma das principais características desse empreendedor é a criatividade, algo que deve ser muito usada na hora de iniciar um negócio. Sem ela, mesmo que haja abundância de recursos, será muito difícil dar início a um projeto, e mais complexo ainda fazê-lo sobreviver em longo prazo. Como exemplo, a empresária e influenciadora digital Valéria Lessa, que abriu empresa recentemente, afirma:

“Só criatividade não basta. É preciso ter ousadia e atitude para tirar os sonhos do papel e começar a gerar resultados na prática. A isso se dá o nome de inovação. É indispensável que o empreendedor brasileiro seja cada vez mais inovador e capaz de colocar a mão na massa. A realidade é que adversidades sempre vão existir, mesmo nos países mais desenvolvidos. Por isso, o foco não deve estar na crise ou na burocracia, mas em ter um bom planejamento estratégico e muito preparado. Tanto físico como mental, só assim é possível contornar os obstáculos e criar negócios prósperos, inovadores e longevos”, afirma Valéria.

A empresária e sua sócia, Ray Milhomem, inauguraram um espaço dedicado ao mercado digital, o QG da agência de influenciadores digitais Influ Brasília, localizado no shopping DF Plaza, em Águas Claras. É um QG que apoia tanto os influenciadores quanto o comércio local. “Nosso objetivo é fazer o marketing de influência se tornar evidente no mercado”, afirma Ray Milhomem.

Quando se trata de marketing digital, Valéria Lessa é referência. A criadora de conteúdo revela que o espaço será uma casa para influenciadores com ambientes “instagramáveis” criados por arquitetos brasilienses que irão alterar a estética de cada um deles a cada três meses, dando a oportunidade de homenagear as marcas parceiras que apoiam os protagonistas da agência. Grata, ela afirma que as sócias pretendem trazer cada vez mais atenção a essa profissão em ascensão.

Dizem por aí que a persistência e a paciência são algumas das principais características do empreendedor, e mesmo que no cenário atual não seja dos mais animadores para empreender no Brasil, a necessidade de muitos é o suficiente para gerar oportunidades para a criação de prósperas empresas.
O exemplo de várias empreendedoras e empreendedores é fonte de inspiração para fazer mais e melhor.
Quanto maior o sonho e preparo, e quando refiro à palavra preparo aqui é que: quando mais preparado estiver maior será a disposição para enfrentar obstáculos dentro do empreendedorismo. Dessa forma, o empreendedorismo pode estar latente ou manifestado de diferentes formas. Ao inovar e solucionar problemas de outras pessoas, de outras empresas ou de toda a sociedade, o empreendedorismo promove um grande desenvolvimento.

O crescimento econômico fica meteórico, a geração de empregos também. A tecnologia nos surpreende a cada instante. A inovação social amplia os acessos. Temos mais conforto, mais experiências, novas relações com coisas e pessoas e, em geral, mais qualidade de vida por causa de novos negócios e iniciativas. Por isso, é inegável a importância do empreendedorismo nas nossas vidas, assim como a importância de entender o que o termo empreendedorismo significa. E acima de tudo seja resiliente, que é a capacidade de continuar sempre mesmo diante às dificuldades.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O mestre antecipa, o amador reage. Esteja preparado para reorganizar qualquer ponto do seu negócio!"

Dai Nasteoli








Você pode gostar