Siga o Jornal de Brasília

Psicanálise da vida cotidiana

Tende piedade, Senhor!

Tende piedade Senhor, das mães que perdem seus filhos pois
a assistência médica não tem leitos, médicos e ambulância na hora do parto

Publicado

em

Por Carlos Vieira 

Tende piedade, Senhor, pela comida que falta na mesa
pois os governantes desviaram as verbas para fins de corrupção.
Tende piedade, Senhor, pelos que moram embaixo dos viadutos,
a verba destinada à habitação foi parar nas contas bancárias de alguns prefeitos.

Tende piedade Senhor, das mães que perdem seus filhos pois
a assistência médica não tem leitos, médicos e ambulância na hora do parto.
Tende piedade, Senhor,dos drogados sem políticas públicas, que
moram nos centro das grandes sem ter assistência psiquiátrica.

Tende piedade também, Senhor, pelos desabrigados de barragens
onde a culpa é da falta de humanidade dos empresários.
Tende piedade, Senhor, das lágrimas pétreas dos pais que perderam
seus filhos, e deles também atingidos pelas balas perdidas das facções do tráfico
[e de militares despreparados ]

Tende piedade, Senhor, das meninas e jovens estupradas que precocemente
viveram sua sexualidade através da violência.
Tende piedade também, Senhor, dos homossexuais que não têm culpa da sua sexualidade.
Tende piedade daqueles que são banidos pelas igrejas(?) rotulados de pecadores mortais,
[e de possuídos pelo Diabo]

Tende piedade Senhor, dos recém-nascidos jogados nas latas de lixo como dejetos.
Não tende piedade, Senhor, de uma boa parte dos políticos, dos governantes dos homens públicos.
Eles moldaram suas vidas na inveja e na voracidade de terem mais e mais benefícios.
Desviaram verbas públicas, assaltaram através da corrupção,ao erário público.
[não tende piedade, Senhor]

Tende piedade Senhor,como dizia o poeta Vinicius de Moraes, “de todas as mulheres
que ninguém mais merece tanto amor e amizade,
que ninguém mais desejam sinceridade,
que ninguém mais precisa tanto de alegria e serenidade”.

Tende piedade Senhor,dos expatriados,dos mortos nos mares banidos de sua pátria,
Dos esfomeados, dos analfabetos , dos sem teto e de todos aqueles que a selvageria
Do capitalismo pós-moderno são usados como meios de enriquecimento.
Tende piedade, meu Senhor, de todos os presidiários amontoados em seus cárceres.
[transformados em bestas humanas]

Tende piedade, Senhor,do animal-humano,que a cada dia se tornam mais animal
do que humano.
Tende piedade enfim, Senhor, dos que hão de nascer nesse mundo atual onde não há respeito,
[pelos direitos humanos]


Você pode gostar
Publicidade