Siga o Jornal de Brasília

Na Garagem

Testamos o JAC T40 CVT

SUV chinês que entrega mais do que promete

Com acabamento de primeira, moderno e com preço competitivo, o SUV chinês possui qualidades que o colocam no páreo para disputar uma vaga na sua garagem. O bom motor 1.6 além de entregar boa potência (138 cv e 17,1 kg de torque) funciona em muito boa sinergia com o câmbio CVT com simulação de seis marchas. Movido apenas à gasolina, o modelo garante bom consumo, superando os 14 km/l na cidade.

Se o acabamento já foi – com razão – o “calcanhar de Áquiles” dos carros chineses, o JAC T40 CVT é extremamente bem acabado tanto interna quanto externamente. Com amplo revestimento em couro artificial, painel agradável ao toque e montagem sem ressalvas, ele supera a maior parte de seus concorrentes neste quesito.

A boa central multimídia de 8 polegadas, com câmera de ré com excelente resolução, são alguns bons, mas o primeiro pecado fica na falta Android Auto e Apple Carplay, o que limita a experiência de conectividade.

JAC T40 CVT. Foto: Divulgação

A generosa lista de itens de série também agrada. O SUV vem equipado com ar-condicionado digital, bancos de couro sintético, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, controles de estabilidade e tração, hill-holder, piloto automático e câmera que grava o trânsito à frente. Tudo isso a partir de R$ 69.990.

Veja como foi nosso test drive

Ficha Técnica – JAC T40 CVT

Preços: A partir de R$ 69.990
Motor: gasolina, dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16V, aspirado, 1.590 cm3; 138 cv a 6.000, 17,1 mkgf a 4.000 rpm
Câmbio: automático CVT, 6 marchas, tração dianteira
Suspensão: McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.)
Freios: disco, vent. (diant.) disco sólido (tras.)
Direção: elétrica
Rodas e pneus: liga leve, 205/55 R16
Dimensões: comp., 413,5 cm; altura, 156,8 cm; largura, 175,0 cm; entre-eixos, 249 cm; peso, 1.220 kg;

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA