fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Coluna Marcelo Chaves

Médica Mariana Ferrer revela como está se reinventando na pandemia

Marcelo Chaves

Publicado

em

PUBLICIDADE

Para a médica ortopedista da capital Mariana Ferrer, a pandemia mudou a vida de todos. Mas mesmo com os efeitos causados pela crise do novo coronavírus, ela não abriu mão de atender quem precisa. “Mantive os horários de trabalho. Seja no consultório, no plantão e até mesmo no centro cirúrgico”, destaca.

Mariana Ferrer entre o pais Marcelo e Gláucia Ferrer, a filha Isabela e o marido Ricardo Oliveira

A brasiliense, filha do médico ortopedista Marcelo Ferrar e da socialite Gláucia Ferrer, ressalta que há alguns tratamentos que não podem ser postergados jamais. “É imprescindível a avaliação e orientação de um ortopedista”, diz Mariana, que vem se dedicando em tempo quase integral ao trabalho que faz.

A médica em Harvard, onde fez especialização

Os raros momentos de folga são aproveitados com os familiares. “Nos últimos meses, além de me dedicar à minha família, brinco muito com minha filha Isabela, leio livros para ela e estou pintando aquarelas. Adoro desenhar e estou resgatando hábitos de criança para retratar alterações ortopédicas infantis.”

Mariana com o pai Marcelo Ferrer

“Há cerca de cinco anos voltei a bordar. Mas a vida é tão cheia de afazeres, consultas, cirurgias e plantões, que acabo deixando os prazeres da vida de lado. Neste ano decidi que iria pintar aquarelas de forma amadora. Peguei inspiração em rabiscos antigos e comecei a pintar temas relacionados à ortopedia pediátrica.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com alguns de seus desenhos

“No final de maio eu abri meu Instagram e comecei a postar os desenhos com temas relacionados à ortopedia pediátrica. Foi a união de duas paixões: desenho e ortopedia. Tenho alguns desenhos prontos que vou postar aos poucos. Todos eles são simples e despretensiosos”, finaliza Mariana.

Fotos: Arquivo Pessoal




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade