Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Saia do Plano – Parte 1

A vida precisa de estratégia e planejamento, mas é sinal de maturidade aceitar que, de vez em quando, as melhores coisas da vida acontecem justamente quando a gente sai do Plano

Por Lulu Peters 25/05/2022 4h41
Saia do Plano - Parte 1

Existe comida exuberante, saborosa e acessível fora do Plano Piloto, e aqui seguem minhas melhores dicas para essa primeira coluna sobre o tema:

Dom Manju

Muita gente que mora nas satélites alega que faltam locais realmente completos, que tenham estrutura, ambiente e cardápio suficientes para receberem desde um casal apaixonado a uma família com crianças.

O Dom Manju, que já é referência imbatível no Gama, agora tem um espaço delicioso em Ceilândia! De acordo com o sócio Sinval Júnior, – “Somos apaixonados pelas satélites, pois acreditamos que elas têm um público consumidor em potencial, que não encontra muitas opções para o almoço e jantar que fujam do trivial”.

E antes do mimimi dos Planificados a respeito do combustível, entendam que Guará, Águas Claras e Taguatinga ficam próximos o suficiente para compensar a ida, mesmo porque a casa entrega MUITO por um preço consideravelmente mais acessível. Isso sem contar, é claro, com o público local.

Um sobrado super bem decorado, um bar chamativo no primeiro andar e uma brinquedoteca sedutora no segundo, além de uma equipe muito cordial e disposta já dão uma excelente primeira impressão.

Um leque amplo de opções de drinks a preços incríveis, como o Moscow Mule tradicional e na versão da casa, que levou abacaxi e amoras na receita (R$30,00), além de várias combinações com gin e vodka, para todos os gostos e bolsos (R$22,90-40,00).

Um grande diferencial para a unidade é a inclusão de peixes e frutos do mar, tanto nos petiscos, quanto para os principais. Clássicos como bolinho de bacalhau com geléia de pimenta (R$ 39,90) e a isca de peixe empanada ao molho de limão (R$ 49,90), ou inovações como o incrível combinado que eu provei – o Delícias do Mar – que leva duas caudas fartas de lagosta, camarões pequenos, anéis de lula empanados e mexilhão (R$ 129,00), com molho chimichurri e uma espécie de aioli.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Esse petisco faz as vezes de principal tranquilamente e, ressalte-se, o mexilhão, fresco, na concha, foi dos melhores que comi fora da praia.

Não faltam opções de frango, como o parmegiana, e de carne, como o Ancho, mas realmente os pratos do mar brilham: a Lagosta do Cheff (calda de lagosta grelhada, servida com arroz cremoso de moqueca e farofa crocante de cebola caramelizada R$ 149,90) e o Penne com camarão (servida ao molho pomodoro com queijo coalho e bacon crocante R$ 69,90), os quais servem duas pessoas.

Eu falei que tem drinks e brinquedoteca?? 😉

Serviço:
Dom Manju

Onde: QNM 03, Via Leste – Ceilândia Sul (bem tranquilo, via Estrutural)
Telefone/Reservas: (61) 33764532
Funcionamento: Segunda a Domingo, das 11h às 23h

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Alfredo’s Pizzaria

Essa pizza é uma pérola há uns bons anos, na Asa Norte. Imersa em meio aos bares e botecos do ‘baixo Asa Norte’ (CLN 408/409), o forno à lenha e as combinações com um toque de sofisticação mesmo naquele ambiente, garantem uma das melhores pizzas da cidade, na minha humilde opinião.

Agora, na unidade de Sobradinho, mais espaço e aconchego para receber atrações musicais, e continuar no forno à lenha, com uma gama de sabores encantadores, como a Alto Paraíso, à base de brócolis, muçarela, molho italiano, alho crocante, queijo parmesão e orégano, que é das minhas favoritíssimas e a Quixadá, com abobrinha, muçarela, molho italiano, queijo parmesão e orégano. E olha que não sou vegetariana, mas AMO esses sabores da Alfredo’s.

Clássicos como Pepperoni, inovações divinas como queijo Brie, muçarela e geleia de pimenta, além de VÁRIAS opções veganas, compõem um cardápio delicioso, embalado numa caixa hexagonal que é uma verdadeira obra de arte, com imagens criadas exclusivamente pelo artista Luiz Terra, que o proprietário Aylton convidou para fazer as imagens que inspiraram até os nomes das pizzas, pelo toque psicodélico.

Na última 5ª feira deste mês tem o baú do Raul (programa que vai ao ar por Live no YouTube, com o Dj Raul trazendo os clássico da Disco Music dos anos 80, 90 e 2000) tocando lá, além do ambiente aconchegante para juntar família e amigos, uma vista do pôr do sol linda e, de novo, um dos poucos fornos à lenha da cidade!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A casa também participa do festival Brasil Sabor 2022, que está em sua última semana, então, tem pizza com massa de fermentação natural, assada em forno napolitano, com molho de pomodoro pellati, mussarela vegana, abobrinha italiana, alho crocante e lascas de parmesão vegano, por R$ 45,00.

Serviço:
Alfredo’s Pizzaria
Quadra 03 AE 05 loja 17 – Sobradinho/DF
Telefone: 61 9 9929-1029
Funcionamento: Terça a domingo de 17h às 23h

Madre Teresa Deli

Apesar de fora do Plano, a auto alcunhada “Hamburgueria mais pobre do mundo” já está bem badalada, digamos assim, depois de aparecer em vários canais do Youtube, como o Rango, Xepa e Hambúrguer Perfeito, e até de se envolver em algumas polêmicas tweeteiras.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pequeníssima loja tem a aparência propositalmente “destruída” e mal acabada, para corroborar a referência católica que começa no nome da hamburgueria, inspirado pela doce freira indiana, internacionalmente conhecida por seu voto de pobreza e seu trabalho humanitário e, pela própria prática religiosa do proprietário, Daniel Larsan.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lá dentro, canto gregoriano, imagens de santos e bíblias. Tudo bem simples, e, ao mesmo tempo, surpreendentemente original e até charmoso.

Decorações e referências à parte, a verdade é que o hambúrguer do Madre Teresa Deli é sensacional. Extremamente bem executado, feito em grelha com carvão através de uma técnica exclusiva, que intensifica o sabor e dá aquela nota defumada à carne.

Aliás, a carne e os pães, sejam brioche ou de pretzel, foram selecionados com muito cuidado e a casa ainda se encarrega de produzir o próprio pastrami (cerca de 18 dias até o ponto certo de cura), além do catchup, maionese de alho, sour cream, american cheese e picles.

O hambúrguer é muito fora da curva, muito saboroso e equilibrado. Outra estrela da casa, que faz valer a visita, é a batata frita Tagua York, coberta sour cream, cheddar e o pastrami mágico da casa.

Serviço:
Madre Teresa Deli

QSD 53, lote 2 – Próximo à estação de metrô Taguatinga Sul. De terça a sábado, das 18h30 às 23h. Delivery pelo iFood e take out pelo WhatsApp no número (61) 99928-6414.

EXTRA!!

Brasília vai receber a partir desta sexta-feira (27), bem às margens do Lago Paranoá, um dos mais aguardados eventos gastronômicos, o Taste Festivals.

A proposta é unir o melhor da gastronomia local em aulas, degustações e refeições, além de shows e apresentações musiciais. Os ingressos já estão nos últimos dias e podem ser adquiridos no site Eventim..

As opções gastronômicas são bem variadas, incluindo peruana, japonesa e italiana, executados por chefs e restaurantes renomados da cidade, por valores entre R$20,00 e R$45,00.

Restaurantes como Authoral, Casa Baco, Dom Francisco, Taypá, Lago, Bloco C, Lagash, Leo Hamu, Le Birosque, Olivae, Sakeyo, Superquadra, Ouriço e o Bar Southside participam do festival, além de aulas como “Monte sua Adega”, com Rafaela Reis, ou receita de “Ceviche bêbado de camarão e cajá-manga”, com a Chef Raquel Amaral.

Para informações completas, basta acessar o link do Jornal de Brasília bem aqui








Você pode gostar