Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Reuniões com lideranças

Robério Negreiros tem percorrido várias cidades do DF para conversar com lideranças comunitárias e moradores sobre demandas da população

Hylda Cavalcanti e Catarina Lima
[email protected]

O deputado distrital Robério Negreiros (PSD/foto) tem percorrido várias cidades do Distrito Federal para conversar com lideranças comunitárias e moradores sobre demandas da população. Nos últimos dias, ele fez isso em Itapoã, Fercal, Sobradinho, Paranoá, Ceilândia e Planaltina.

Melhorias

Como resultado, ficou de atuar na Câmara Legislativa do DF (CLDF) por investimentos que permitam melhoria em esportes, lazer, mobilidade urbana, iluminação pública e ainda preservação e revitalização do patrimônio público destas cidades pelo chamado Programa de Qualificação Profissional e Frente de Trabalho (Renova-DF).

Participação

Conforme contou o distrital, esse tipo de reunião é importante porque ajuda a pautar mandatos participativos. “Quando eleito, o parlamentar deve representar todo o Distrito Federal. Meu gabinete está, portanto, aberto, pois precisamos atender às reais demandas dos moradores de cada Região Administrativa”, afirmou.

LGBTQIA+

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Conselho Nacional de Justiça está iniciando uma pesquisa para mapear, por meio do Judiciário, a violência contra o público LGBTQIA+. A medida foi anunciada na última semana e está alinhada à chamada Agenda 2030, da ONU, voltada para o compromisso com a proteção dos direitos humanos.

Dados

O trabalho é resultado, também, da falta de dados oficiais existentes no Brasil sobre a violência contra essa população. Os primeiros detalhes sobre o levantamento – que será coordenado pelo CNJ em parceria com o PNUD – foram apresentados recentemente pelo juiz Luís Geraldo Sant’Ana Lanfredi, que coordenará o trabalho.

Interseccionalidade

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com ele, o instrumento será inspirado no formulário de avaliação de risco para violência doméstica e familiar contra a mulher e observará critérios como falta de dados, violência exacerbada; interseccionalidade (relacionada a questões como cor, classe, gênero), invisibilidade e a frequência de familiares agressores.

Veja

A polêmica entrevista do presidente Bolsonaro à Revista Veja, que marcou mil dias do seu governo, repercutiu entre gregos e troianos no âmbito do Distrito Federal. Por parte dos que fazem oposição dura ao presidente, a deputada federal Erika Kokay (PT-DF) posicionou-se nas redes sociais dizendo que “o povo brasileiro não aguenta mais”.

“Mentiras”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Embora sem citar a entrevista em si, Erika comentou sobre a data. “São mil dias de desemprego, fome, inflação, miséria, crise, caos e mentiras nesse desgoverno”, frisou, no coro dos políticos que acharam que Bolsonaro plantou uma realidade inexistente do Brasil, omitindo as principais falhas da sua gestão.

“Transparente”

Já para o deputado distrital Delmasso (Republicanos), apoiador do Planalto, ele “demonstrou sinceridade”. “Mesmo não concordando com alguns posicionamentos, precisamos reconhecer que Bolsonaro é transparente”, disse. “A atuação do governo na pandemia teve erros e acertos. O importante é que mais de 20 milhões de pessoas se curaram e mais de 229 milhões de doses de vacinas foram aplicadas”, ressaltou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Condecorado

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O deputado distrital Claudio Abrantes (PDT/foto), que é policial civil de carreira, foi agraciado ontem pela Polícia Militar do DF com a medalha Alferes Joaquim José da Silva Xavier, a mais importante distinção honorífica conferida pela corporação. O parlamentar possui em sua trajetória um sólido trabalho pelas forças de segurança.

“Honrado”

Ao longo dos anos, ele tem atuado pela recomposição dos quadros e por melhores condições para os integrantes de todas as forças. No último mês, por exemplo, apresentou projeto de lei voltado às policiais mulheres do DF. “É impossível descrever o quanto me sinto honrado com essa condecoração”, afirmou.

Na OAB

O advogado Guilherme Campelo, candidato à presidência da OAB-DF, anunciou que o especialista em Direito Eleitoral Newton Lins disputará vaga para o Conselho Federal da entidade pela chapa InovOAB, que ele integra, a seu pedido.

Reforço

“Newton Lins é um reforço de peso, visto que seu amplo conhecimento poderá ser de grande valia em 2022. A Ordem deve enfrentar discussões acerca das eleições gerais e poder contar com a expertise dele nos ajudará a ter uma posição mais sólida sobre tais assuntos”, afirmou.

Candidatos

Além de Campelo, também são candidatos à presidência da seccional da OAB no DF os advogados Evandro Pertence, Thais Riedel e o atual presidente da seccional em Brasília, Délio Lins e Silva Júnior.








Você pode gostar