Do Alto da Torre

Políticos do DF se dividem nas articulações para eleição na Câmara dos Deputados

Celina Leão e Tadeu Filippelli estão em lados opostos e travam guerra silenciosa entre PP e MDB na tentativa de eleger Arthur Lira (PP) ou Baleia Rossi (MDB)

Hylda Cavalcanti e Catarina Lima
[email protected]

O emedebista Tadeu Filippelli (foto), ex-vice-governador do DF e ex-deputado federal, que está participando ativamente das articulações políticas em torno da candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara dos Deputados. Tem cumprido uma agenda cheia nos últimos dias, com esta missão.

Articulações  – A maior parte das reuniões tem sido realizada na sede do MDB Nacional em Brasília, de forma a assegurar os votos de Rossi, candidato com o apoio do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e de siglas oposicionistas, como o PT. Filippelli já disse à coluna, anteriormente, que está confiante na vitória do aliado.

Engajamento – Enquanto Filippelli se envolve na campanha de Baleia Rossi, a deputada federal Celina Leão (PP-DF) está cada vez mais engajada na candidatura do deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato do Centrão na mesma disputa.

Análise – Celina criticou recentemente a tentativa de impedir, com pedidos de vista sem prazo, a análise da suspensão de deputados do PSL que declararam apoio a Lira pela mesa diretora da Casa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Antidemocrática”  – “Pra quem tanto fala contra a ditadura, não parece muito democrática esta iniciativa, que foi combinada entre o presidente da Câmara e o presidente do PSL”, acusou a parlamentar.

Ausência

O deputado distrital Jorge Vianna (Podemos) divulgou uma nota se justificando junto à comunidade de Ceilândia sobre sua ausência na solenidade que marcou, ontem, a inauguração do hospital de campanha daquela cidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Exames – Vianna contou que vem sentindo, desde segunda-feira (18), dores de cabeça e no seio da face, assim como febre e coriza. Acha que é uma sinusite, mas resolveu fazer exames e se preservar.

Responsabilidade – “Como profissional de saúde, minha responsabilidade é ainda maior, uma vez que os sintomas da sinusite e da covid-19 são semelhantes. Logo, não quero colocar em risco a saúde de ninguém, caso o resultado dos testes venha a ser positivo”, explicou.

Descarte

A OSC intitulada “Programando o Futuro” realizará neste fim de semana, em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, evento intitulado “Drive Thru do Resíduo Eletrônico”, na Região Administrativa do Lago Norte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segurança – O objetivo é recolher equipamentos eletrônicos como computador, impressoras, telefones, carregadores e eletrodomésticos para um descarte com segurança. A ação acontecerá das 10h às 17h, nestes dois dias, no estacionamento da administração.

Reciclotech – Segundo os organizadores, a iniciativa faz parte do Reciclotech, projeto que alinha capacitação profissional de jovens, recondicionamento de resíduos eletrônicos, doação de equipamentos, educação ambiental e preservação do meio ambiente.

Unale

O deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos), relator da Comissão Especial de Vacinação da Câmara Legislativa do DF (CLDF), anunciou esta semana que a União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) criou um comitê de acompanhamento das vacinas para defender a autonomia dos Estados
nessa questão.

Coordenação – Durante reunião da CLDF, o diretor do laboratório Bio-Manguinhos, que produz as vacinas da Fiocruz em grande escala, Maurício Zuma, disse que esforços dos Estados e do DF neste sentido devem ser, sempre, coordenados com o programa nacional de imunizações.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Farmacovigilância – Segundo Zuma, os governantes e parlamentares precisam se comunicar entre si e com o governo federal. “Para que não haja dificuldades e complicações quanto à farmacovigilância, devido às diferenças entre as tecnologias das vacinas e os espaçamentos entre as doses, entre outras variáveis”, alertou.

No Gama

Após 45 anos sem nenhuma melhoria, a reforma da Rodoviária do Gama vai sair do papel. Foi publicado quarta-feira (20), no Diário Oficial do DF, edital de licitação para a obra, que conta com o compromisso do deputado distrital Daniel Donizet (PL) de destinar os recursos necessários a partir de emendas de sua autoria.

Urgência – “Esta reforma é mais que urgente e necessária. É uma luta antiga nossa com o governo. Me reuni várias vezes com o secretário de Mobilidade e Transporte, Valter Casimiro, pedindo agilidade nesse processo”, disse o distrital. A previsão do GDF é de início dos trabalhos ainda neste semestre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pela internet

As compras pela internet cresceram 41% entre março e dezembro no comércio do DF, destaca levantamento do Sindicato do Comércio Varejista (Sindvarejista). “Muitos consumidores temem sair de casa por causa da pandemia”, disse o presidente da entidade, Edson de Castro.

Mulheres – De acordo com esse estudo, os setores que mais vendem para entregar seus produtos por meio dos correios têm sido lojas de roupas, objetos para o lar e eletroeletrônicos. A maioria das compras – 64% – é feita por mulheres.

Retomada

Deputados e senadores de vários partidos – incluindo muitos do DF – farão um ato na Câmara dos Deputados, na próxima terça-feira (26), para pedir a volta imediata dos trabalhos legislativos. “Não podemos parar frente ao agravamento da crise da covid no país”, destacou documento de convocação para o evento.

CPMI – No texto, os parlamentares reforçaram o pedido de instalação de uma CPMI para investigar o que chamam de “fiasco na gestão do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello”. Eles acusam o ministro de “ter se omitido no período mais crítico da saúde brasileira”. Assinam a nota parlamentares do PT, PSB, PDT, PSOL, PCdoB e Rede.

Atualização

A Câmara dos Deputados instalou ontem, por meio de reunião remota, a comissão de juristas que vai estudar o aperfeiçoamento das leis de combate ao racismo estrutural e institucional no Brasil. Criada em dezembro, a equipe conta com 20 juristas.

Cobranças – O presidente do grupo será o ministro Benedito Gonçalves, do STJ. O relator, o advogado Silvio de Almeida, autor do livro “Racismo estrutural”. A atualização vem sendo questionada e cobrada por políticos e entidades diversas há mais de dois anos.

Vants

Mesmo depois de ter proposto várias leis para monitoramento de ruas por câmeras e reconhecimento facial de pessoas, o deputado distrital Hermeto (MDB) não para. Ele apresentou na CLDF, um projeto de lei para uso dos chamados Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs) – os drones – em operações policiais.

Ferramenta – Segundo Hermeto, que é policial de carreira, o objetivo é reduzir o tempo, o custo e o risco de exposição de policiais em situações de perigo. “Os VANTs são uma valiosa ferramenta que os órgãos de segurança pública podem dispor, tanto na investigação como no patrulhamento”, frisou.






Você pode gostar