fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Mulheres: a luta continua

A deputada federal Flávia Arruda (PR-DF) se pronunciou sobre a mais baixa participação das mulheres do mercado de trabalho dos últimos 30 anos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Hylda Cavalcanti e Catarina Lima
[email protected]

 

A deputada federal Flávia Arruda (PR-DF) se pronunciou sobre levantamento do Ipea que apontou a mais baixa participação das mulheres do mercado de trabalho dos últimos 30 anos. “É mais um alerta sobre a importância de agir por mais igualdade”, disse.

“Escancarado” – “A pandemia escancarou a sobrecarga da mulher, com mais peso do trabalho doméstico, cuidado com os filhos. É preciso entender essa realidade para criar políticas públicas de incentivo e apoio”, defendeu.

Mais vagas – Para Flávia os dados mostram a importância de ações como ampliação de vagas em creches, capacitação de meninas para o mercado de trabalho e desconstrução do machismo estrutural, para que responsabilidades familiares sejam compartilhadas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vacinas

Tramita no Senado um projeto apresentado em agosto pela senadora Leila Barros (PSB-DF) que obriga indústrias farmacêuticas que fizerem testes de vacinas no Brasil a promoverem a produção e fornecimento local desses produtos.

Diferenciação – “Todas as indústrias que fizerem ensaios ou testagem clínica de medicamentos, fármacos e vacinas deverão garantir tratamento diferenciado para o país na produção ou fornecimento no mercado nacional”, explicou ela.

Prejuízos

O estresse entre os deputados distritais na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) em torno da instalação da CPI da Pandemia, nos últimos dias, não diz respeito apenas à discussão sobre a oportunidade ou não de se fazer a investigação.

Sem votações – Há uma preocupação com a baixa produtividade da Casa. São duas semanas sem quórum suficiente para votações. “Isto representa cinco sessões plenárias perdidas, sem que sequer um projeto tenha sido votado”, observa o deputado distrital Fábio Felix (Psol).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Contramão

Na contramão de muitos colegas e autoridades sanitárias, o deputado federal Júlio César Ribeiro (Podemos-DF) divulgou nas redes sociais que pediu recentemente à Casa Civil do DF e ao governador Ibaneis Rocha a liberação de eventos sociais de pequeno porte.

“Economia” – Segundo ele, “a retomada da atividade é fundamental para alavancar a economia de famílias que vivem deste setor”. Salas de cinema e de teatro já foram liberados por meio de um decreto na última semana, mediante o cumprimento de protocolos sanitários.

Desafios

O deputado federal Professor Israel (PV-DF) realiza live, nesta quinta-feira, 18h, com a reitora reeleita da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Abrahão. Na pauta da conversa, estão os desafios da universidade pública durante o período de pandemia.

Boa atuação – Além de docente, Israel tem tido uma atuação voltada, entre outros setores, para a defesa da educação no país. Ele foi voz atuante na votação do projeto novo Fundeb na Câmara e tem participado amplamente da comissão de Educação da Casa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Proteção de dados

O TJDFT lançou esta semana a sua política de privacidade dos dados das pessoas físicas. O intuito é estabelecer princípios e normas que devem nortear o tratamento de dados pessoais, físicos e digitais, para gradual conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei nº 13.709/2018).

Esclarecimentos – Segundo o presidente da Corte, desembargador Romeu Neiva, o tribunal também realizou webinário para esclarecer magistrados e servidores sobre a aplicação da lei no setor público – em especial no Judiciário – e avançar no debate sobre a importância da sua implantação.

Aumento

O deputado distrital Agaciel Maia (PL) divulgou esta semana detalhes sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias do DF – que vai nortear o próximo orçamento. Segundo ele, o fundo constitucional destinado ao DF tem uma previsão de aumento da dotação autorizada de 4,69% em 2021 em relação à destinação deste ano.

Receita corrente – Além disso, explicou que o aporte do fundo para 2021 é de R$ 16,4 milhões. Desse montante, 49% serão destinados às áreas de Saúde e Educação, enquanto 52% vai para a Segurança Pública. “A previsão da receita corrente líquida em 2021 é de R$ 24,3 bilhões”, contou o parlamentar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Brinquedos

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) aderiu à campanha “Vem Brincar Comigo 2020”, que tem como meta arrecadar brinquedos e livros infantis para crianças em situação de vulnerabilidade no Distrito Federal.

“Forças” – “Neste momento tão difícil, precisamos unir forças e levar a nossa solidariedade para aqueles que mais precisam”, ressaltou a titular da secretaria, a advogada Marcela Passamani.

Prêmio nacional

Professor de Física da rede pública do DF desde 2015, André Luis Miranda de Barcellos, de 31 anos, foi um dos vencedores do Prêmio Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita – considerado um dos mais importantes no setor, do país.

Voto popular – Além de ser o único representante do Centro-Oeste, André concorre ao título de Educador do Ano e na categoria de melhor projeto pelo voto popular. Ele é mestre em Física pela Unb, onde faz doutorado em Educação em Ciência.

Vivência – Barcellos disse considerar o resultado da premiação fruto do que realiza dentro das salas de aula e destacou que avalia isso como motivo de orgulho. “Esta experiência tem tudo a ver com minha vivência como professor da rede pública”, afirmou.

Novo normal

O Novo normal em condomínios é o tema de live sobre as mudanças trazidas pela pandemia do novo coronavírus que será promovida hoje (10), 21h, nas redes da Âncora Condomínios.

Informações – A live contará com o especialista em assuntos condominiais Nicson Vangel. Ele vai esclarecer dúvidas de síndicos e moradores e dar informações que estes precisam saber em tempos de pandemia.

Memória

O Ministério do Turismo e a secretaria de Turismo do DF assinam, hoje acordo de cooperação técnica para valorizar a memória política e a história do Brasil e de Brasília, como forma de fortalecer a conscientização cidadã dos jovens brasileiros.

Mais acesso – Segundo informações da pasta, o objetivo é assegurar o acesso do público escolar de todo o país para conhecer a capital federal, seus monumentos, fatos e características. O evento será na Casa de Chá, na Praça dos Três Poderes.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade