Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Falta de quórum causa constrangimento na CLDF

Do colegiado da Casa, 15 deputados estiveram ausentes e só oito apareceram nesta terça-feira, o que tornou impossível a votação da pauta

Hylda Cavalcanti
[email protected]

Causou constrangimento, há pouco, na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), o encerramento da sessão ordinária do dia, por falta de quórum. Do colegiado da Casa, 15 deputados estiveram ausentes e só oito apareceram nesta terça-feira, o que tornou impossível a votação da pauta. Numa nova recontagem outros dois parlamentares apareceram, mas alguns dos que chegaram primeiro já tinham saído.

Das galerias

Com isso, os distritais deixaram na mão mais de 300 servidores públicos que foram até a CLDF para acompanhar, das galerias, a votação de vetos do governador Ibaneis Rocha a trechos relacionados à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), com vistas ao Orçamento de 2022, referentes à carreiras de servidores públicos. Dentre os quais, temas como insalubridade e reestruturações diversas.

194 propostas

Além desses vetos, tinham sido agendadas 194 propostas para apreciação em plenário que tiveram de ser postergadas. Em tempo: estiveram presentes os deputados Rodrigo Delmasso (Republicanos) – que presidiu a sessão, Cláudio Abrantes (PDT), Fábio Felix (Psol), Roosevelt Vilela (PSB), Leandro Grass (Rede), João Cardoso (Avante), Arlete Sampaio (PT), Guarda Jânio (Pros) e Júlia Lucy (Novo), Reginaldo Veras (PDT) e Reginaldo Sardinha (Avante). Sendo que nem todos chegaram à sessão no mesmo momento. Todos os demais não compareceram.








Você pode gostar