fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Duas faces da mesma moeda: Ibaneis e Izalci iniciam pleito de 2022

Lucas Valença

Publicado

em

PUBLICIDADE

Na política local, janeiro começou agitado, e com uma prévia eleitoral bastante antecipada. O ano é de pleito municipal, o que mexe com as cidades do entorno. Mas a agitação, que já faz parte do horizonte, gira em torno da disputa pelo Governo do Distrito Federal com as eleições de 2022. Estamos distantes disso? Nem tanto.

Pois bem, eu explico. O Buriti começa agora a fazer uma mudança administrativa para diminuir as arestas com os representantes da Câmara Legislativa, só que não são só os distritais que devem ser contemplados com cargos e parte da estrutura do próprio governo. Nos bastidores o Buriti também tem procurado agradar nomes próximos ao senador Izalci Lucas, que sabemos, deve ser candidato ao palácio na próxima eleição majoritária.

Recentemente o governador Ibaneis Rocha se encontrou com um dos “homens de confiança” do congressista. A estratégia é clara, tentar esvaziar, pouco a pouco, a força do opositor. dessa vez, o apoiador do parlamentar não cedeu e não “mudou de lado”, mas a reunião expôs as intenções do comando palaciano.

No outro lado dessa disputa, o senador tem buscado agraciar os desafetos de Ibaneis. Tem até deputado local, da própria base governista, como é o caso do distrital Jorge Vianna, já circulando pelos corredores do Congresso Nacional com viés de aproximação. Irritados com a forma com que vêm sendo tratados pelo palácio, representantes locais já veem no senador tucano uma espécie de plano “B”.

Em resumo, o objetivo é o mesmo, mas as estratégias são diferentes. De um lado Ibaneis Rocha tenta cooptar os apoiadores do senador. Do outro, Izalci Lucas tem mapeado os desafetos palacianos para tentar angariar forças.
Para o buriti é preciso cautela, já que antecipar a eleição, já no segundo ano de mandato, pode prejudicar o andamento da própria gestão.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade