fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Discurso: teoria x realidade

Na fala, pautas do próprio governo expuseram uma mudança de postura com relação a outros discursos feitos pelo próprio Ibaneis na Câmara Legislativa.

Lucas Valença

Publicado

em

PUBLICIDADE

E o governador foi à abertura do ano legislativo ontem. Só que o seu discurso parece não ter amenizado o clima de descontentamento junto a alguns distritais, que ainda não perdoaram as promessas não cumpridas nas últimas sessões deliberativas de 2019.

Na fala, pautas do próprio governo expuseram uma mudança de postura com relação a outros discursos feitos pelo próprio Ibaneis na Câmara Legislativa. Ao falar na posse dos deputados, em janeiro do ano passado, e na volta do recesso de meio de ano, Ibaneis chegou axaltar e a agradecer a atuação dos parlamentares. Desta vez, os elogios foram mais contidos e as políticas e projetos empenhados pelo Buriti, tomaram conta da tribuna.

O que ficou de fora? O Refis 2020. Integrantes da equipe econômica já davam como certa a menção ao programa de refinanciamento, mas o ambicioso projeto, que deve ser protocolado no Legislativo local em maio, acabou sendo esquecido.

Os parlamentares, porém, devem atuar com cautella, mas já dizem que o clima de 2020 será diferente do visto em 2019. Ou seja, a dificuldade está posta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No comando do bloco governista, parece que as arestas até chegaram a diminuir. Em um discurso na manhã de ontem, durante a assinatura do contrato de concessão do Estádio Mané Garrincha, o vice-presidente do Legislativo local, Rodrigo Delmasso, já demonstrava uma aproximação com o governo. Além de comparar o governador Ibaneis Rocha com o idealizador de Brasília, Jucelino Kubitschek, Delmasso enfatizou, repetidas vezes, que tem “orgulho de ser da base (governista)”.

Já o famoso Centrão, almoça hoje para decidir a postura que terá neste bimestre no parlamento local. A coluna lembra que integrantes deste bloco foram os primeiros a reclamar dos acordos descumpridos. O discurso do governador deve virar o assunto no encontro de hoje.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade