Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Bolsonaro no Republicanos

Delmasso afirmou que não vê, pelo fato da sigla ter muitos evangélicos, empecilhos aos bolsonaristas que defendem armas

Hylda Cavalcanti
[email protected]

O deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos) disse que, em razão das dúvidas sobre a filiação ou não de Jair Bolsonaro ao PL, se houver uma mudança de posição, a entrada do presidente no Republicanos é bem vinda. “Será bom para nós, levará a um crescimento da bancada, tanto no Congresso como nos Estados e no DF”, ressaltou.

Sem empecilhos

Delmasso afirmou que não vê, pelo fato da sigla ter muitos evangélicos, empecilhos aos bolsonaristas que defendem armas. “Nós já somos da base do presidente, ele tem um discurso próximo das ideias que defendemos, conservadoras nos costumes e liberais na economia. E também temos evangélicos que defendem o porte de armas”, explicou.

Com Ibaneis

O parlamentar só destacou um problema, em relação às alianças locais. Segundo ele, não tem como o partido deixar de apoiar a reeleição do governador Ibaneis Rocha. “Estamos totalmente alinhados com Ibaneis. Somos uma legenda que cumpre acordos, recebemos um bom espaço no GDF e temos sido atendidos em todos os nossos pleitos”.

Cancelamento

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pelo segundo dia consecutivo, a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) teve mais uma sessão ordinária cancelada por falta de quórum, em meio a servidores públicos presentes nas galerias que saíram frustrados porque pretendiam acompanhar a apreciação de matérias do interesse das suas carreiras.

Imagem

Uma das mais indignadas, a distrital Arlete Sampaio (PT) destacou: “Dessa forma, que imagem podemos passar para a sociedade sobre essa Casa?” De nada adiantou. Iniciada às 15h30, a sessão foi encerrada às 16h20. A pauta tem perto de 200 matérias pendentes de votação.

Licença

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As assessorias de dois parlamentares enviaram explicações sobre o fato de terem sido citados como ausentes na sessão da terça-feira (16). Jaqueline Silva (PDT), embora não estivesse presente durante uma das contagens de quórum, foi ao plenário e mandou vídeo comprovando. E Chico Vigilante (PT) está de licença médica até o dia 22.

Do MST

O MST pretende lançar candidatos a deputados nas próximas eleições em, pelo menos, 15 Estados e no DF. “Nossa principal preocupação é a democracia e ela passa pela distribuição da terra e pela reforma agrária, mas, pra isso, precisamos atuar em outros espaços”, afirmou Alexandre Conceição, da direção nacional da entidade.

Candidato

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por aqui, o provável representante do movimento será o militante Erivan Hilário, que tentará uma vaga na CLDF. Ele tem forte envolvimento com o setor de formação educacional do MST e pretende figurar nas urnas como “Ruth Venceremos” – identidade drag queen à qual costuma dar vida.

LGBTQIA+

Hilário também é conhecido por desenvolver um importante trabalho de luta pela agenda do público LGBTQUIA+ não apenas em Brasília, como também em todas as regiões administrativas do Distrito Federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Crítica

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público, o deputado federal Professor Israel (PV-DF) criticou ontem as declarações do presidente da República de que usará a folga orçamentária que o Executivo conseguirá com a PEC dos precatórios para aumentar o salário dos servidores públicos.

“Más intenções”

“Bolsonaro quer aplacar a oposição e causar constrangimento para as associações dos servidores que criticam essa PEC. Nesse governo o presidente fala uma coisa, a equipe econômica fala outra e a equipe técnica da equipe econômica fala diferente”, destacou.

Bola de neve

Segundo levantamento divulgado pela Consultoria de Orçamento e Fiscalização da Câmara dos Deputados, a PEC (que tramita atualmente no Senado) deve gerar uma bola de neve da ordem de R$ 580 bilhões em precatórios não pagos até 2036.

Ministra

Foi muito elogiada no Judiciário a indicação, feita recentemente, da juíza trabalhista Morgana Richa para a vaga de nova ministra do TST. Ela já foi juíza auxiliar do Tribunal, conselheira do CNJ e integrante por duas vezes da Associação de Magistrados Trabalhistas. Morgana é conhecida como profissional competente e dinâmica.

Vaga

Seu nome foi enviado ao Palácio do Planalto pela lista tríplice que tinha sido aprovada pelo próprio tribunal. Após passar por sabatina no Senado, ela ocupará a vaga do ministro Walmir Oliveira da Costa, que faleceu em abril passado, em consequência da covid-19.

Orçamento

No Congresso Nacional, o período é de correria entre parlamentares por conta do atendimento aos prazos para apresentações de emendas ao Orçamento Geral da União (OGU) 2022, que começam a se encerrar – para cada emenda e tipo de relatório – de agora até o início de dezembro.

Datas

A previsão da Comissão Mista de Orçamento é de, após a entrega de todas as emendas, divulgar um relatório com a discriminação destas destinações esta semana. Já o relatório-preliminar, com a compilação do OGU, está previsto para o dia 25. E os chamados relatórios setoriais serão votados do dia 26 até 2 de dezembro.

Correria

O objetivo, segundo o colegiado, é correr com a tramitação, de forma a impedir atrasos na execução do Orçamento 2022 – a exemplo do que aconteceu com o de 2020. É difícil. A pedidos, o primeiro prazo, para apresentação de emendas, teve de ser prorrogado ontem em mais um dia pela senadora Rose de Freitas (MDB-ES).

No PSB

Segmentos sociais organizados do PSB no DF bateram o martelo. Cada um deles vai realizar eleição da nova executiva e debater sobre a conjuntura política distrital e nacional no próximo dia 5 de dezembro. A pauta inclui, também, debate sobre a autoreforma promovida pela legenda.

Editais

Fazem parte dos segmentos que vão realizar tais eleições o LGBT Socialista, a Secretaria de Mulheres Socialistas, o Sindicalismo Socialista Brasileiro, o Movimento Popular Socialista, a Negritude Socialista Brasileira e a Juventude Socialista Brasileira. Todos divulgaram editais que definem as organizações dos seus congressos.

No PSDB

Já no PSDB do DF, continua em andamento o projeto “Pelo DF” de visitas de representantes da legenda a várias Regiões Administrativas. Um dos últimos encontros foi em Planaltina, com a participação do senador Izalci Lucas, presidente da executiva regional do partido.

Representantes

Izalci esteve na cidade e na zona rural com representantes de segmentos diversos da legenda, dentre os quais o PSDB Mulher, Sustentabilidade, Juventude, Tucanafro, Rural, Sindical, ITV e Inclusão. O grupo fez contatos com lideranças comunitárias, entidades assistenciais e representantes do comércio e da agropecuária local.

No TCU

Começam a ser observadas conversas e movimentos diversos nos bastidores do Congresso com vistas à ocupação da nova vaga da vez na cidade. Trata-se do TCU. É que já está certa a antecipação da aposentadoria do ministro Raimundo Carrero até janeiro.

“Candidatos”

Carrero aceitou o convite para ser o próximo embaixador do Brasil em Portugal. São tidos como mais cotados para substituí-lo os senadores Katia Abreu (PP-TO), Antonio Anastasia (PSD-MG) e Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Alguns parlamentares da bancada federal do DF estão atuando por Kátia e outros, por Fernando.








Você pode gostar