Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Do Alto da Torre

Ausência

Hospitalizado com covid desde a última quinta-feira no DF Star, ele apresentou pioras no seu quadro de saúde

Foto: CLDF

Hylda Cavalcanti e Catarina Lima
[email protected]

Como antecipado por essa coluna nesta segunda (02), a retomada das atividades da Câmara Legislativa do DF (CLDF) contará com uma ausência que já está sendo bastante lamentada e coberta de preocupações pelos distritais. Trata-se do deputado Guarda Janio (PROS/foto), que assumiu em julho um assento na Casa.

Entubado
Hospitalizado com covid desde a última quinta-feira no DF Star, ele apresentou pioras no seu quadro de saúde. Sua assessoria de imprensa divulgou, na noite de ontem, que precisou ser entubado após exames terem mostrado o agravamento de 65% do seu comprometimento pulmonar.

Força total

O deputado federal Professor Israel (PV-DF) inicia com força total as atividades de retomada dos trabalhos do Legislativo hoje. Isto porque um dos destaques da Frente Parlamentar Mista da Educação (FPME), que o tem como coordenador, é o monitoramento da volta das aulas nas escolas, em todos os estados brasileiros e no DF.

Protocolos
O programa foi intitulado “Blitz Retorno Seguro” e consistirá no recebimento de denúncias. Tem como objetivo, analisar se as escolas estão cumprindo todos os protocolos de segurança estabelecidos.

Segurança
“Não podemos deixar que a reabertura das escolas seja um risco sanitário, com o aumento de casos e circulação de variantes de covid-19. Queremos que os alunos tenham acesso à educação, mas com segurança”, destacou Israel, que mediou, na noite de ontem, debate promovido por live sobre o assunto que lançou a Blitz.

Nordeste

A deputada distrital Jaqueline Silva (PTB) destacou ontem, por meio de pronunciamentos e em mensagens nas suas redes sociais, o início das comemorações de uma semana dedicada à cultura nordestina no Distrito Federal. A determinação está na Lei 6.799, de sua autoria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Raízes
A referida legislação garante a inclusão do tradicional evento Encontro Nordestino, no calendário oficial do DF. “O Nordeste faz parte das raízes de várias famílias de Brasília. Estou junta, portanto, dos nordestinos que moram e trabalham no Distrito Federal!”, destacou a parlamentar.

Briga forte

Está forte a disputa para definição da lista tríplice de desembargadores federais de um dos cinco TRFs do país a serem escolhidos pelo STJ para ser encaminhada ao presidente Jair Bolsonaro. A relação servirá como indicação da Corte às vagas de dois novos integrantes daquele Tribunal.

Procura
Mesmo no período de recesso do Judiciário, notícias de bastidores dão conta que ministros foram bastante procurados, tanto para lobby realizado sempre nessa época por muitos desses magistrados, como também para entrega de relatórios sobre a conduta de alguns dos nomes cogitados.

Bronca

Em tempos de discussão sobre a proposta do voto impresso nas próximas eleições, que tem como uma das defensoras ferrenhas a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), chamou a atenção dos parlamentares, na última semana, uma bronca que ela recebeu, ao lado da sua equipe, por questão que nada tinha a ver sobre o assunto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Transmissão
Bia aproveitou uma ida ao Palácio do Planalto para acompanhar entrevista nacional dada pelo presidente Bolsonaro a uma rede de mais de 400 emissoras de rádio do país. Quis aproveitar para preparar a equipe e transmitir o conteúdo ao vivo.

Constrangimento
A barulheira causada pela instalação dos equipamentos de última hora provocou irritação no presidente, que ameaçou deixar a entrevista caso não fizessem silêncio. O caso, conforme informaram assessores do Palácio, levou a grande incômodo por parte da Secom, já que ela não tinha pedido autorização para isso.

Recursos hídricos

A Associação dos Engenheiros Agrônomos do Distrito Federal (AEA-DF) realiza hoje, no seu canal no YouTube, live sobre o tema ‘Gestão de recursos hídricos no meio rural: experiências do Distrito Federal’.

Participantes
O evento terá como debatedores, os engenheiros agrônomos Kleber Santos, e Antônio Barreto, este último, representante do Ibram. O mediador será o diretor da Adasa Jorge Werneck. Será transmitido ao vivo, a partir das 19h.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Senac

Estão abertas até domingo as inscrições para 904 vagas gratuitas em cursos diversos de qualificação profissional dentro do Programa Senac Gratuidade do DF. Do total de vagas, 390 são para o cadastro reserva.

Critérios
Conforme informações do Senac, a classificação dos inscritos obedecerá a critérios como atendimento aos requisitos de acesso, ordem de inscrição e quantidade de vagas ofertadas no curso escolhido. O resultado da classificação será divulgado no dia 13.

Plataforma
“Estamos seguindo os protocolos de segurança e daremos todo o apoio possível aos alunos com uma plataforma intuitiva e moderna”, afirmou o diretor regional do Senac-DF, Augusto César Chabloz.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sem RGs

Em meio aos conhecidos problemas existentes no sistema penitenciário nacional, um levantamento recente do CNJ constatou que oito entre cada 10 presos no Brasil não possuem identificação civil, o popular RG. A descoberta deixou abismados muitos técnicos em segurança pública e magistrados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Invisibilidade
Por conta disso, o órgão lança, hoje, uma ação nacional para tirar essa população da chamada “invisibilidade”, por meio da distribuição nas unidades prisionais do país de 5.400 aparelhos de biometria para que seja feita confecção de identidades de todos os presos sem documentos.

Parceria
Conforme informou o presidente do CNJ, o ministro do STF Luiz Fux, a aquisição dos kits biométricos tornou-se possível por meio de um acordo assinado entre o Conselho e Ministério da Justiça e Segurança Pública em 2018, dentro do programa intitulado Fazendo Justiça.

Proibição

O TJDFT julgou procedente, ontem, ação civil pública ajuizada pelo MPDFT em que o órgão requereu que o responsável pela página intitulada “Facilitavirtual.com.br” se abstivesse de disponibilizar, de qualquer forma, dados pessoais de brasileiros, tratados de forma irregular e que causem violação à privacidade de seus titulares, bem como a eliminação desses dados. A decisão se deu em primeira instância.

Venda de dados
Na ação, o MPDFT afirmou que o réu, por meio da referida página, vendia informações como nome, endereço, telefone, e-mail e profissão a empresas ou outros interessados em fazer propaganda de produtos ou serviços na internet. A ação foi ajuizada em 13 de outubro do ano passado pela a Unidade de Proteção de Dados e Inteligência Artificial (ESPEC) do MPDFT.






Você pode gostar