Do Alto da Torre

Asfaltamento da VC-441 é só alegria para produtores rurais

“Agora, o sonho de muitos deles (produtores) se tornará realidade”, destacou o distrital, Reginaldo Sardinha

Reginaldo Sardinha foto :CLDF

Hylda Cavalcanti e Catarina Lima
[email protected]

O deputado distrital Reginaldo Sardinha (Avante/foto) está particularmente satisfeito com a notícia de início da pavimentação da estrada vicinal VC-441, localizada no Núcleo Rural Lamarão, a partir do aporte de emendas parlamentares de sua autoria.

Produtores – “Os produtores agrícolas do DF percorrem vários quilômetros até que cheguem ao destino final de seus produtos e as condições das estradas nem sempre são as melhores. Agora, o sonho de muitos deles se tornará realidade”, destacou o distrital.

Em Samambaia

A publicação, recente, no Diário Oficial, da lei que estabelece que a praça em frente à Paróquia Santo Inácio de Loyola, em Samambaia, passe a se chamar Praça Padre Brandão, foi comemorada pelo deputado distrital Chico Vigilante (PT).

Homenagem – “Estou muito feliz. É uma homenagem justa, merecida a um grande religioso comprometido com as transformações e que atuou boa parte de sua vida em Samambaia”, afirmou o deputado, ao lembrar que conheceu o pároco na época de sua chegada em Brasília.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Reforma

Aliado de primeira hora de Arthur Lira (PP) na corrida pela presidência da Câmara, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) tem dito a aliados que a votação de uma reforma tributária ampla e equilibrada é sua principal demanda junto ao grupo de Lira.

Polêmica – Miranda é autor de uma PEC sobre o tema, já discutida com entidades como a Confederação Nacional da Indústria. A proposta do democrata apresenta pontos polêmicos como a cobrança sobre lucros e dividendos.

Motivo

Todo mundo divulgou informações da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) de que o mais provável é que a vacina da AstraZeneca só comece a ser utilizada em março no Brasil, mas poucas pessoas entenderam o motivo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fevereiro – A verdade é que o laboratório AstraZeneca tem, mediante acordo firmado com a Fiocruz, prazo até meados de fevereiro para enviar o IFA, princípio ativo para a produção das 100,4 milhões de doses que serão produzidas pela fundação.

Cumprimento – A informação é da assessoria da AstraZeneca no Brasil, que deixou claro para esta coluna: “os prazos estão sendo devidamente cumpridos e ainda temos o mês de fevereiro”.

Ajuda

Depois da Câmara dos Deputados e do Grupo Parlamentar Mista Brasil-China terem se movimentado junto ao governo da China pedindo ajuda no envio dos insumos para produção da coronavac, agora é a vez do Senado se manifestar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Negociações – Senadores, em nome da Casa, instituíram ontem uma comissão para também colaborar com as negociações. A reunião que definiu a equipe contou com a participação direta do senador pelo DF Izalci Lucas (PSDB).

Cobrança

O presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), Rafael Prudente (MDB), divulgou vídeo nas redes sociais em que comemora a chegada da vacina, mas ao mesmo tempo cobra do Ministério da Saúde quantidade de doses suficientes para atender à população.

Apelo – Prudente aproveitou para pedir aos brasilienses que fiquem em casa, destacando que o momento não é adequado para se organizar festas, tampouco participar de aglomerações.

Precauções – “Nesta primeira fase será possível vacinar em torno de 51 mil pessoas. É o primeiro passo, mas não é a hora de as pessoas afrouxarem as medidas restritivas. Portanto, continuem se cuidando e fazendo uso de todas as precauções”, alertou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Luvas

A senadora Leila Barros (PSB-DF) intermediou o recebimento de 4 mil pares de luvas de procedimento hospitalar, doadas pela Embaixada do Japão à Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Gesto – Foram 40 caixas de 100 unidades da marca Supermax que vão suprir a falta do material nos atendimentos de emergência no DF. “Mais do que a doações em si, valorizamos muito o gesto de amizade”, disse ela.

Embaixadas – A iniciativa do pedido partiu da parlamentar, após conversa com o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, em dezembro. Leila enviou ofício para 32 embaixadas com o pedido. A resposta positiva veio do embaixador do Japão, Akira Yamada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cena insólita

A capivara que invadiu o espelho d’água do Congresso provocou uma situação insólita para muitos moradores de Brasília. Além de ter assustado servidores, foi vista como reflexo da proliferação desenfreada destes animais no DF.

Sem novidades – “As capivaras têm invadido quintais de várias casas dos Lagos Norte e Sul e do Jardim Botânico. Já tivemos audiência na CLDF sobre o assunto e não houve qualquer ação do poder público até hoje”, reclamou a arquiteta Elza Bastos, que acompanha o caso.

Ofícios

O deputado distrital Daniel Donizet (PL) enviou ofícios pedindo aos órgãos responsáveis que abram investigação sobre o caso Gatai, referente à cadela de 9 meses morta a tiros dentro do quintal de casa, na última sexta-feira (16).

Investigação – Ele quer investigar, principalmente, se foram mesmo homens da Polícia Civil Ambiental (DEMA) e do ICMBio responsáveis por atirar no animal durante operação realizada no local. “Nã0 permitirei que o caso caia no esquecimento”, frisou.

Atendimento

A Escola de Governo do DF (Egov) promoverá, no período entre 25 e 29 de janeiro, um curso de excelência no atendimento ao cidadão para servidores da Secretaria de Trabalho (Setrab) que atuam diretamente no atendimento.

Inscrições – As aulas serão presenciais, na própria secretaria, das 8h às 12h com os devidos cuidados sanitários, tais como máscaras e distanciamento social. Segundo informações do GDF, os interessados podem fazer suas inscrições pelo site da Egov.






Você pode gostar