Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

PTB definha e deputados negociam saída da legenda

Por Leandro Mazzini 24/01/2022 10h20
Foto: Reprodução/Agência Brasil

A pose de cowboy do século 21 ficou em casa, quando a libertinagem verbal lhe dava ânimos para o estereótipo de valentão com armas. Roberto Jefferson, presidente licenciado do PTB, definha em seu físico, agora preso – e leva o partido junto para o seu inferno astral. Negociam a saída da legenda os deputados Luisa Canziani (PR), Wilson Santiago (PB) e Nivaldo Albuquerque (AL). Além de perder mandatários importantes, o PTB vive autofagia.

A filha Cristiane Brasil, fiel escudeira, rompeu com o pai ao ser preterida por uma colega dirigente no comando do partido.  A prisão determinada pelo ministro Alexandre de Moraes (STF) foi só mais um capítulo que minguou o discurso falastrão do ex-deputado. 

Desdenhado por Jair Bolsonaro, Roberto Jefferson ensaiou rompimento em carta. Não passou de grita de desesperado. Jefferson já enviou sinais de que gostaria de ter Eduardo Bolsonaro filiado ao PTB paulista.








Você pode gostar