Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Esplanada

Moraes cerca PTB na tentativa de acertar Jefferson

Por Leandro Mazzini 07/05/2021 1h06
Foto: Agência Brasil

O ministro do STF Alexandre de Moraes não só prorrogou o inquérito das fake news na Corte como determinou que o TSE investigue as prestações de contas do Diretório Nacional do PTB dos últimos cinco anos. É um cerco discreto ao manda-chuva da legenda, Roberto Jefferson, que há meses faz ataques abertos aos ministros da Corte.

Entre gabinetes do Judiciário e portas do PTB, o recado velado, em forma de investigação oficial, foi claro: Moraes quer saber se Jefferson foi beneficiado pessoalmente por verbas partidárias, que são oriundas de dinheiro público.

A investigação pedida pelo ministro ao Tribunal Superior Eleitoral sobre as verbas partidárias e do fundo eleitoral ao PTB, caso tenha capivaras nesse matagal político, pode levar até à cassação do registro do partido e tirar a legenda da disputa de 2022. O pedido de investigação de Moraes surge após seguidos ataques de Roberto Jefferson aos ministros do Supremo, em entrevistas à mídia e nas redes sociais do político.






Você pode gostar