Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Flechada nas costas: Índios levam desvantagem no STF e na Câmara

Por Leandro Mazzini 20/09/2021 1h24
Foto: Reprodução

Enquanto os índios protestam em frente do Supremo Tribunal Federal contra o processo do Marco Temporal – a ação segue a conta-gotas com pedidos de vistas – as tribos que desembarcaram em Brasília no início de setembro não atentam para o que acontece em suas costas do outro lado da Praça dos Três Poderes.

Está pronto para votação no plenário da Câmara dos Deputados esta semana – há pressão para o colégio de líderes já colocá-lo  na pauta – o Projeto de Lei que dá poder ao Congresso de palavra final sobre novas demarcações de terras indígenas. Representante única das etnias nesse assunto, a Funai perderia esse poder.

Se de um lado, no Judiciário, os índios correm o risco de perder o direito à ocupação sobre algumas terras em que hoje vivem, de outro o Parlamento – com forte base ruralista – pode lhes tirar a voz para novas homologações. 

É um golpe duplo nas etnias.








Você pode gostar