Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

“É lamentável querer diminuir uma mulher por exercer sua sexualidade”, diz Yasmin Brunet em comunicado

A modelo Yasmin Brunet foi até as redes sociais e publicou um comunicado se defendendo dos ataques que recebeu esta semana.

Por Analice Nicolau 14/10/2021 7h30
A modelo Yasmin Brunet foi até as redes sociais e publicou um comunicado se defendendo dos ataques que recebeu esta semana.

Briga em família! Yasmin Brunet é casada com o surfista profissional Gabriel Medina e desde o começo do relacionamento muitas polêmicas fizeram parte da vida do casal. Mas o que mais chamou atenção dos seguidores e fãs de Gabriel e Yasmin foram os print de uma conversa da mãe de Medina, em que ela dá a entender que possui um vídeo, no qual a nora estaria fazendo sexo oral em um homem.

Os prints foram divulgados pelo colunista Leo Dias. Neles Simone Medina insultava Yasmin e sua mãe, Luiza Brunet.
Diante de todo o desconforto e acusações por parte da sogra, Yasmin resolveu se pronunciar em suas redes sociais. No comunicado, Yasmin Brunet afirma que não tem motivos para se envergonhar e que resolveu fazer este comunicado em respeito aos seus fãs e de seu marido também.

Ela também cita o suposto relacionamento homoafetivo, acusação de sua sogra em um dos prints divulgados e pontua: “Uma outra mentira criada para me atacar seria sobre um suposto relacionamento homoafetivo. Como se viver um amor fosse algo que me ofenderia…”


Ela finaliza dizendo que: “E só estou vindo à público porque eu e o Gabriel estamos cansados dessa especularização (sic) da nossa vida. E para acabar também com essas especulações e criações, que são uma tentativa lastimável de tentar atacar a minha honra. Com ou sem vídeo, com ou sem um relacionamento homoafetivo, eu, todas as mulheres e todos os LGBTQIA+ merecemos respeito!”








Você pode gostar