Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Thalita VP adere ao “Chip da Beleza” após descobrir falta de vitaminas e hormônios

Após live com médica e bateria de exames, a antropometrista descobriu a falta de vitaminas e testosterona.

Por Analice Nicolau 07/05/2021 2h00
Thalita VP Thalita VP

A nova tendência entre as mulheres brasileiras é o “Chip da Beleza”, o implante que ajuda na melhora do humor, pele e fios. A tendência tem ganhado diversas adeptas, como a coach e antropometrista Thalita VP. Mas, engana-se quem pensa que os benefícios estão associados apenas para a beleza e estética.

No mercado desde 1930 nos Estados Unidos, o “Chip da Beleza” é utilizado, normalmente, com o objetivo de favorecer a perda de gordura e ganho de massa muscular, já que é constituído principalmente pelo hormônio gestrinona, que desempenha essas funções no organismo.

Dra. Carol Frota enfatiza que o principal uso do chip é para repor hormônios e vitaminas que estão em falta no organismo de cada pessoa. Essa reposição, além de saudável, é também uma maneira eficiente de tratar algumas patologias

Segundo a médica Caroline Frota, “o principal uso do chip é para repor hormônios e vitaminas que estão em falta no organismo de cada pessoa. Essa reposição, além de saudável, é também uma maneira eficiente de tratar algumas patologias, como, por exemplo, problemas causados pela diabetes”, comentou.

A antropometrista Thalita VP, foi uma das mulheres que aderiram a essa nova tecnologia. “Fiz uma live com a Dra. Carol pelo meu Instagram, e ao conhecer mais sobre o Chip da Beleza e dos benefícios, tanto para a parte estética, como para a saúde, fiquei encantada. Aproveitei para estudar mais sobre o assunto”, conta.

“Na última semana, após uma bateria intensa de exames, a médica percebeu a falta de algumas vitaminas no meu corpo e do hormônio testosterona. Então, esse procedimento, além de ajudar no ganho de massa e perda de gordura, será um equilíbrio para a reposição dessas vitaminas”, disse Thalita.

Coach e antropometrista Thalita VP que esta de casamento mercado em Noronha ainda este ano

Ainda de acordo com a médica, “esse dispositivo também atua no tratamento da endometriose, uma vez que é capaz de aliviar os sintomas e promover a interrupção do ciclo menstrual, e poupa a paciente da cirurgia, em alguns casos”, contou.

O implante mede cerca de 3 cm e deve ser é inserido por baixo da pele do abdômen ou do glúteo, por exemplo, após uma anestesia local. O resultado aparece em média 30 dias após a aplicação e tem duração de até seis meses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com o casamento marcado para outubro em Fernando Noronha (PE), com empresário Renato Bandini, a cerimônia intimista contará com familiares e padrinhos do casal. E para a data especial, a musa pretende continuar com o corpo mais magro. “Associado os treinos e dietas, o Chip da Beleza também faz parte da minha preparação como noiva”, conta.






Você pode gostar