Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Sucesso de críticas na internet, ‘Round 6’ se torna série mais assistida da Netflix

Coreia do Sul vira potência no streaming e desbanca “Bridgerton”, da roteirista Shonda Rhimes

Por Analice Nicolau 13/10/2021 10h00
Coreia do Sul vira potência no streaming e desbanca “Bridgerton”, da roteirista Shonda Rhimes

Quando você escuta o nome “Shonda Rhimes”, já é certeza absoluta que vem série de sucesso por aí! Afinal de contas, é só olhar o histórico da roteirista: “Grey’s Anatomy”, “How To Get Away With Murder”, “Scandal” e a, até então, série mais assistida em curto prazo da Netflix “Bridgerton”. Mas a Coreia do Sul chegou com os dois pés nas casas dos assinantes do streaming com “Round 6” e deixou a série de época no segundo lugar.

Na última terça-feira, (12), a Netflix anunciou que a série coreana foi vista por mais de 100 milhões de perfis de assinantes do serviço, ou seja, sintonizada, ao todo, por 111 milhões de lares em apenas 25 dias. A série viralizou, pois funde jogos infantis populares antes da era digital com desafios de sobrevivência mortais. Uma brincadeira de rua na qual os jogadores param e avançam ao comando de um marcador é um de seis jogos infantis com consequências fatais retratados no suspense sangrento, batizado em referência a uma variação sul-coreana do “pega-pega” usando um tabuleiro desenhado na terra.

Mas a críticas estão rolando entre os internautas também. Devido a mistura de jogos infantis com mortes sangrentas, a série está sendo assistida por muitas crianças e adolescentes, que tentam recriar os jogos com colegas. O que vem preocupando pais e professores sobre como dominar isso, já que as aulas presenciais estão voltando em vários países — depois da pausa devido a pandemia causada pelo COVID-19. Lembrando que a série tem faixa etária indicada para maiores de 16 anos.

E o sucesso se reflete ainda na popularidade dos atores nas redes sociais. Para se ter uma ideia, a estreante Jung Ho-Yeon, que interpreta a jogadora 067, tornou-se a atriz sul-coreana mais seguida do Instagram pulando de 400 mil para quase 20 milhões em menos de 21 dias.

A plataforma já anunciou não somente a segunda temporada — que não era algo planejado pelo criador da série, o cineasta Hwang Dong-hyuk — como também um investimento de 500 milhões de dólares em filmes e séries da Coreia do Sul para ainda este ano.








Você pode gostar