Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Com convite real, a cirurgia plástica Dra. Roseli Cardinali divide tempo entre Brasil e Abu Dhabi

Na medicina há 30 anos, a Dra. Roseli Cardinali encontrou na cirurgia plástica a vocação.

Por Analice Nicolau 23/04/2021 10h00
Dra. Roseli Cardinali Dra. Roseli Cardinali

Na medicina há 30 anos, a Dra. Roseli Cardinali encontrou na cirurgia plástica a vocação. Além do trabalho na capital paulista, onde atende desde então, foi através de um convite da família real de Abu Dhabi que a carreira tomou novos rumos. Há cinco anos, Cardinali é sucesso entre os locais árabes e divide o tempo entre Brasil e exterior.

“O que aconteceu é que uma paciente, que trabalhava até então para a família real, falou sobre meu trabalho e, em seguida, recebi o convite para conhecer os emirados árabes, há sete anos. O processo de aprovação da minha licença de trabalho durou dois anos, e só então pude exercer minha profissão. A princípio, a ideia era que eu me mudasse definitivamente, mas por conta da minha família, entramos em consenso de viajar a cada 15 dias”, contou a Dra. Roseli.

Em Abu Dhabi, a médica trabalha em um grupo de hospitais e centros especializados em saúde, onde atende quase 100% a mulheres locais, que procuram na cirurgia plástica o bem-estar e a autoestima. “Diferentemente das brasileiras, existe uma cobrança cultural muito grande sobre as mulheres no quesito aparência. Nas famílias, por exemplo, o casal tem até seis filhos, e isso impacta no corpo da mulher, mais jovem ou não”, comenta.

A médica ainda disse que, “80% da procura pelos procedimentos se dão pelo contorno corporal, como remoção de pele, lipoaspiração e próteses de silicone, que diferente do Brasil, elas preferem algo mais marcante e volumoso, até por usarem o corpo todo coberto”, conta.

No exterior, Roseli contou que existem outros médicos brasileiros que fazem parte da equipe. “A minha profissão é muito respeitada lá, temos a fama de uma boa formação e zelosos. Isso é muito bom e traz muita gratificação”, falou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas engana-se quem pensa que a pandemia dificultou que esse ramo se expandisse. A Dra. Roseli contou que, “por haver uma restrição muito grande em Abu Dhabi, de visitantes e turistas, a pandemia está bastante controlada, assim como a vacinação, além de que os hospitais são de alto cuidado com a biossegurança. Normalmente, tenho em média, duas cirurgias grandes por dia. No Brasil, o cenário também é semelhante, já que com o home office, as pessoas encontraram uma forma mais simples de ficar em casa e cumprir o pós-operatório”, diz.

Mas para o futuro, os planos ainda não mudaram. Na próxima semana a médica embarca para mais uma temporada dos emirados árabes, e de vez em quando, acompanhada pelo marido. “Vou sempre muito focada no meu trabalho, mas às vezes bate aquela saudade”, comentou entre risos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar