Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Conheça Ronnie Calil, a nova voz da música católica no Brasil

“Milagre” na infância foi um dos motivos para se tornar cantor de música católica. O primeiro EP “Age com Poder” está disponível nas plataformas de streamings com 13 faixas.

Por Analice Nicolau 07/05/2021 6h00
Ronnie Calil Ronnie Calil

Uma história cheia de devoção e esperança em meio a tantas outras notícias ruins no dia a dia. Ronnie Calil, cantor de 27 anos é a nova voz da música católica do Espírito Santo. A estreia nas plataformas de streamings com o EP “Age com Poder” já está disponível com canções autorais e regravações.

Mas a história de devoção começou antes mesmo da música. “Aos quatro meses de idade fui diagnosticado com uma má formação no coração e precisei passar por uma cirurgia, que na época era muito grave e delicada. Minha mãe me contou, quando eu já estava mais velho, que eu era um milagre”, contou.

Mas foi no início da adolescência, quando começou a frequentar a catequese que Ronnie foi descoberto na música. “Minha catequista Rita, percebeu que eu tinha o dom da música e me adicionou na equipe de canto. Lá estava eu, nos ensaios da equipe de música, nas quartas-feiras à noite na paroquia São Francisco de Assis, Jardim da Penha. Deus me deu esse dom e toda a minha vida religiosa está atrelada a ela”, comentou.

Mas não foi apenas o “milagre” que fez Ronnie se encantar pela música católica. “Meu pai sempre gostou de música, ele também tem uma banda com o mesmo gênero musical e quando recebi o primeiro convite para cantar os salmos na igreja, ele foi o primeiro a confirmar que este era um chamado e uma vocação de Deus para minha vida”, contou emocionado.

Ronnie Calil

O primeiro EP de Ronnie, que começou em 2019 foi finalizado em novembro de 2020 e, finalmente, lançado neste ano, devido a pandemia. “A música sempre esteve presente na minha vida, principalmente dos anos 80, e eu não me imaginava fazendo nada na vida se não fosse cantar. E através dessa mensagem de Jesus Misericordioso, posso fazer as duas coisas que mais amo na vida. É assim que trabalho, mostrando meu dom, e posso levar uma palavra de amor, esperança, conforto e alegria para as pessoas”, disse Ronnie.

Os anos 80 também influenciaram a música dele, as referências não poderiam ser diferentes, como, Djavan, Lulu Santos, Roupa Nova, Toto e até mesmo as mensagem de padres, como Marcelo Rossi e Fábio de Melo. “Eu quero levar para um cenário católico uma nova identidade, com músicas dançantes como existia naquela época. A mensagem também tem esse papel de trazer tranquilidade e aconchego, principalmente em tempos em que estamos reclusos e precisamos desse afago”, comentou.

Em junho, o artista faz uma nova live cantando os sucessos do EP. As músicas já estão disponíveis nas plataformas de streamings.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Ronnie Calil






Você pode gostar