Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Rodrigo Carelli, diretor de “A Fazenda” e “Power Couple” quer fazer reality show no espaço

Pioneiro na implantação de realitys no Brasil, quer inovar ainda mais

Por Analice Nicolau 11/06/2021 1h30

Nesta quinta-feira, 10, o diretor de televisão Rodrigo Carelli participou do podcast de Adriane Galisteu, o ‘Fala Galisteu’, contando sobre a própria carreira e sobre o que ainda deseja fazer. Ele que é publicitário, diretor de televisão há 28 anos, que passou pelas emissoras de TV, MTV, SBT, BAND, GNT, Multishow e que, hoje, está à frente da direção de núcleos da Record. No papo animado com a apresentadora, quando perguntado se ainda teria um reality que gostaria de realizar, disse que sonha ainda em fazer um reality no espaço.

Eu acho que uma coisa que seria bacana de existir, eu nem sei se eu teria capacidade de fazer, mas que seria incrível de existir, seria um reality show no espaço, numa estação espacial”, disse, Carelli

“Eu acho que uma coisa que seria bacana de existir, eu nem sei se eu teria capacidade de fazer, mas que seria incrível de existir, seria um reality show no espaço, numa estação espacial”, disse.

Ainda conversando sobre produções inovadoras, a apresentadora perguntou se seria possível fazer, no Brasil, um reality como o ‘Keeping Up with the Kardashians’, programa de tv que narra o dia a dia da princesa dos tabloides Kim Kardashian.

“Tem um tipo de reality, que o jargão que utiliza é docu-reality, que é um reality documental. Que são esses tipos ‘Osborn’s’, ‘Kardashian’s’, que na verdade não têm uma competição envolvida. Na verdade é um documentário sobre a vida daquelas pessoas”, disse.

E ainda explicou do porquê já terem tentado programas parecidos, no Brasil, e não terem tido sucesso.

“Eu acho que aqui tem que ter algum twist. Por exemplo, a gente tem o ‘Troca de Esposas’, que é um sucesso, tem uma audiência ótima e tal, que é tipo um docu-reality. Mas tem um twist, tem o jogo, a regra, uma mulher. E a esposa vai pra casa da outra esposa, e troca de esposas. Uma fica com um marido e a outra fica com o outro marido e tem que convencer aquele marido de tocar a casa do jeito dela, e a outra do jeito da outra. É mais um docu-reality que não tem competição, exatamente, mas tem que ter uma jogadinha. Eu acho que, no Brasil, se não tiver isso, se for só, simplesmente, ‘vou lá mostrar a vida dessas pessoas (não dá certo)”, disse, e afirmou que o único reality nesse formato que funcionou no país foi o ‘Mulheres Ricas’.

“A gente teve um caso de um docu-reality no brasil que acho que foi bem sucedido no canal que passou, que foi a BAND, que foi o ‘Mulheres Ricas'”, disse o diretor, Rodrigo Carelli que implementou o primeiro reality show do país “A Casa dos Artistas”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar