Menu
Analice Nicolau
Analice Nicolau

Revolução Verde: como receber medicamentos à base de cannabis em casa em 9 Passos

A crescente procura por canabinoides no Brasil e o processo simplificado de aquisição com a Anna Medicina Endocanabinoide

Analice Nicolau

26/02/2024 17h00

Em meio ao crescente interesse pelos benefícios terapêuticos da cannabis, o Brasil testemunha um avanço significativo no acesso a tratamentos à base de canabinoides. Uma recente análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revelou um aumento impressionante de 93% na importação de produtos canabinoides nos últimos 12 meses, sinalizando uma mudança de paradigma na percepção e utilização da planta para fins medicinais.

Para os brasileiros que navegam neste cenário emergente, é essencial um entendimento claro do processo de aquisição, que requer mais do que apenas a vontade de explorar suas propriedades terapêuticas. A obtenção de canabinoides medicinais é um processo regulado que garante a segurança e eficácia dos tratamentos para os pacientes. A chave para desbloquear o acesso é uma autorização de importação emitida pela Anvisa, válida por dois anos, condicionada à comprovação da necessidade médica por parte do paciente ou de seus representantes legais.

Neste contexto, a Anna Medicina Endocanabinoide emerge como uma pioneira, visando desburocratizar o acesso à cannabis medicinal no Brasil. A empresa, considerada o primeiro e mais completo ecossistema de medicina endocanabinoide do país, não apenas facilita todo o processo de compra de produtos à base de cannabis, mas também oferece um Centro de Acolhimento na Santa Casa de Misericórdia, em Curitiba. Este centro é dedicado a oferecer suporte, informação e acompanhamento aos pacientes e médicos parceiros, reforçando o compromisso da Anna com uma abordagem acolhedora e humanizada.

Doutor Alfonso Cardozo, sócio fundador da Anna, destaca a simplicidade e praticidade do processo com a prescrição médica correta e a autorização da Anvisa. “Nossa missão é ser uma facilitadora em cada etapa, desde o tratamento até a aquisição do medicamento, seguindo rigorosamente as normas previstas na RDC 660/2020”, afirma Cardozo.

Para os interessados em explorar os benefícios da cannabis medicinal, o caminho inclui passos claros, começando pela consulta com um especialista e seguindo por etapas que envolvem a prescrição, documentação necessária, processo de importação e, finalmente, o recebimento e acompanhamento do tratamento. Este processo assegura que os pacientes recebam não apenas medicamentos de qualidade mas também o suporte necessário para maximizar os benefícios terapêuticos.

Com o aumento da demanda e a facilitação do acesso pela Anna Medicina Endocanabinoide, o Brasil se posiciona na vanguarda do uso medicinal da cannabis, promovendo uma alternativa terapêutica promissora para diversos pacientes. A “revolução verde” no país não apenas destaca o potencial da cannabis na medicina mas também reflete um avanço significativo na quebra de estigmas associados ao seu uso, abrindo caminho para um futuro onde o acesso a tratamentos inovadores é uma realidade para todos.

Confira o passo a passo para ter acesso aos medicamentos à base de cannabis no Brasil:
1. Agendamento
Marque uma consulta com um médico especialista.
2. Receita
Após a consulta com um especialista, o paciente recebe o diagnóstico e uma prescrição.
3. Documentação
Com a receita em mãos, é necessário apresentar o CPF, RG, comprovante de endereço, e-mail, telefone e foto legível para o processo de aquisição do medicamento.
4. Coleta
Após a coleta dos documentos, inicia-se o processo de importação do medicamento por meio de uma procuração assinada pelo paciente.
5. Agência Nacional de Vigilância Sanitária
Os documentos arrecadados serão enviados para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).
6. Aprovação
Depois a aprovação da ANVISA, o prazo de entrega é de 15 a 20 dias úteis.
7. Rastreio
O pedido pode ser acompanhado pelo número de rastreio do medicamento.
8. Envio
O medicamento será enviado para a casa do paciente.
9. Acompanhamento
Com o início do tratamento, o paciente precisa receber um acompanhamento médico, que poderá sanar dúvidas, fornecer apoio assistencial e ajustar tratamentos.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado