Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Com evento presencial, ProWine 2021 trouxe novidades em vinhos e negócios para o setor brasileiro

No Transamérica Expo Center, Zona Sul da capital, a ProWine São Paulo, reuniu os principais players do mercado, com 350 marcas de 15 países

Por Analice Nicolau 09/10/2021 6h00
No Transamérica Expo Center, Zona Sul da capital, a ProWine São Paulo, reuniu os principais players do mercado, com 350 marcas de 15 países

Um suspiro de alívio no mercado enogastronômico brasileiro! Aconteceu em São Paulo, a ProWine 2021, com evento 100% presencial e com todos os cuidados de biossegurança.

No Transamérica Expo Center, Zona Sul da capital, a ProWine São Paulo, reuniu os principais players do mercado, com 350 marcas de 15 países expondo. O setor teve um encontro responsável com toda estrutura necessária trazendo um conteúdo exclusivo. “Os expositores presentes concretizaram muitos negócios e todos preveem um final de ano aquecido para o vinho”. Segundo Christian Burgos, da Inner Group.

Circularam com máscara e cuidados 3.500 visitantes profissionais. Durante as degustações os visitantes provavam os vinhos em uma taça em cada estande. A Feira operacionalizou mais de 8.000 taças rotativas que foram lavadas a 90 graus e com produtos sanitizantes. Além disso, com a parceria com o projeto Glass is Good, foram feitas a reciclagem de todas as garrafas usadas no evento. Havia cuspideiras individuais biodegradáveis de apoio para quem quisessem dispensar. “Estamos muito felizes em ter realizado o primeiro evento profissional do setor pós pandemia, seguindo os protocolos de segurança. E mais felizes ainda que todos nossos expositores concretizaram novos negócios na feira. A próxima PWSP já tem data marcada, de 27 a 29 de setembro de 22 na expo center norte na cidade de São Paulo. Programem-se para participar da feira referência do setor, estamos aqui disponíveis para te ajudar nesse processo”. Malu Sevieri, da Emme Brasil.

Com a falta de garrafas de vidro e com o aparecimento ‘do novo bebedor’ de vinho, categorias como bag in box e vinhos de lata, só tendem a crescer mais ainda. Um dado importante mencionado durante a ProWine é que o fator “Covid 19” elevou as taxas brasileiras a índices jamais vistos, fato que diferente do que todo mundo poderia imaginar, não aconteceu em muitos países – vários, inclusive, até viram o consumo de vinho baixar. “Em 2020, tivemos 500 milhões de litros! É um marco histórico, espetacular, visto que no ano anterior, foram 380 milhões”, pontua Galtaroça, da Ideal Consultoria, no Fórum da Prowine SP 2021.

O ProWine Fórum chamou os visitantes a um encontro com o debate sobre a retomada do mercado, apresentou novidades e discutiu tendências. Os temas levaram a todos a reflexões importantes como a gestão de pessoas e de processos, a tecnologia aplicada em um plano 360°C pensando em toda a jornada de compra do cliente; sem falar em todas as nuances e o montante expressivo que o digital pode alcançar. “É preciso abrir os olhos para as inovações: leia-se, no contexto de formatos, embalagens e até de clientela. E, claro, pensar na sustentabilidade e na saúde do planeta” comenta Rico Azeredo, diretor da ProWine São Paulo.

A “Ascensão do Vinho em Lata” com a participação do Jones Valduga (Casa Valduga), Daniel Gambardelli e Diego Arrebola (Arya Wines) e Hugo Magalhães (Ball Embalagens), mediados por Joana Bronze, apresentou as oportunidades e desafios que novas embalagens e formatos trazem para a indústria. Diversos expositores lançaram produtos em lata, consolidando o que foi discutido no Fórum. As mais de 30 marcas de vinho brasileiras, foram muito bem recebidas na feira e comentadas por todos que visitaram a ProWine São Paulo. “O Brasil é um país continental, com diversas regiões produtoras. A ProWine aproximou do grande público do trade toda essa diversidade vitivinícola”, comenta Rico Azeredo.

Alguns dos expositores participantes dessa edição de 2021 da ProWine São Paulo são: EP Associação Empresarial de Portugal, CVRVV (Vinhos Verdes), Amitié Espumantes, Arya Wines, Benmax, Cantu importadora, Davo, Henkell Freixenet, Interface, JC Teste e Medição, La Pastina, Monte Dictis, Movin, Mosto Flor, Netter, Prodeca, Pizzato, PNR Group, Raf-Ojakh, RAR, Real Wines, Six Eight Nine, Sur Valles, Upper Trade (Blanic), Sebrae-RS, Valduga, VCT Brasil, Vicente Faria Vinhos, Vinhos Tejo, Vini Portugal, Vino Terra, Vinhos de Altitude, Vistamontes, Viver Gourmet, World Wine, entre outros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com tantas notícias positivas, empresas animadas e um público especializado com sede de conhecimento, ano que vem a ProWine São Paulo já tem um novo local. Maior, com o dobro de área, e com mais de 30% já reservadas pelos principais expositores. O evento é um grande marco para o calendário brasileiro foi possível mostrar que a retomada dos negócios em um momento delicado, e tão aquecido tende a crescer e tem boas expectativas para os próximos 10 anos.








Você pode gostar