Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Parque Fantastic House inaugura em Gramado

Consolidada como um dos principais destinos do Brasil, Gramado ganha uma nova atração turística: Fantastic House, único parque da cidade que funcionará à noite e terá espetáculo fixo o ano inteiro

Por Analice Nicolau 21/10/2021 9h00
Consolidada como um dos principais destinos do Brasil, Gramado ganha uma nova atração turística: Fantastic House, único parque da cidade que funcionará à noite e terá espetáculo fixo o ano inteiro (Foto: Cid Guedes)

O empreendimento, que inaugura oficialmente nesta terça-feira, dia 19 de outubro, recebeu R$ 13 milhões de investimentos de um grupo de acionistas que formam uma S.A. de capital fechado e será liderado pelos empresários Paulo Piccoli e Patrick Piccoli.

Com um amplo espaço de mais de mil m², a “Casa Fantástica” propõem um tour aos visitantes por ambientes temáticos e sensoriais onde, envolvidos por uma atmosfera de magia e encantamento, acontecem apresentações artísticas presenciais e virtuais.

Inédito, o espetáculo reúne música, arte, efeitos tecnológicos, luzes, cores, aromas e personagens que prometem encantar e emocionar o público, que pode participar interagindo nos ambientes. “Em um dos ambientes foi construída uma cascata de quatro metros com uma queda d’água real, e foram pintadas a mão, uma a uma, duas mil flores em 3D. São alguns dos detalhes que que enriquecem a cenografia e dão vida a história”, explica Paulo Piccoli.  

Durante o percurso de, aproximadamente, uma hora, as pessoas são convidadas a desvendar os segredos de como viver uma vida fantástica a partir das memórias de Allegro, o ser humano mais feliz de todos os tempos e que, com seus bons sentimentos, originou a “Lenda de Gramado”, cidade que se tornou acolhedora, encantadora e mágica. A história segue alicerçada em quatro pilares: Sonhar, Sorrir, Saber e Amar. 

Os empresários contam que cada detalhe foi pensado para trabalhar os sentidos e os sentimentos dos visitantes. O produtor artístico Abramo Machado assina o projeto de cenografia de todo o parque e também do espetáculo. “É uma experiência emocionante e inesquecível que sugere um exercício real a quem faz o tour: colocar em prática o que já aprendemos para ser feliz, mas que, muitas vezes, deixamos de lado”, destaca Patrick Piccoli.

Conheça o parque Fantastic House

No espaço de mais de mil m², Fantastic House ganha vida e, a partir de ambientes temáticos, conta a história de Allegro, da “Lenda de Gramado” e os segredos sobre a beleza da vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um grande espetáculo que reúne magia, encantamento, música, arte, efeitos tecnológicos, luzes, cores e personagens inesquecíveis marcam uma experiência única e emocionante aos visitantes. Conheça um pouco mais desta fantástica casa.

Espaço Prólogo – Onde a História Começa:

Adormecida por 300 invernos, a Fantastic House só pode ser despertada por alguém com o coração puro. Com o nascimento de Allegro, personagem principal de todo o espetáculo, a profecia começa a se cumprir. Durante sua existência, através dos bons sentimentos que emana, ele se torna o responsável por dar vida e cor novamente a gigante casa.

Seu viver ali é fantástico e intenso, e ele deixa memórias incríveis que vão inspirar quem visitar este parque encantado. Neste primeiro ambiente, o Guardião das Chaves, o mago Sacer, dá início a história fazendo um convite cantado muito especial aos visitantes: que abram o coração para uma jornada fantástica, que se permitam descobrir os segredos para uma vida feliz e a magia da “Lenda de Gramado”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Hortus – O Jardim dos Sonhos

Um jardim onde os sonhos florescem! Assim é Hortus, o grande jardim de Fantastic House onde o primeiro grande segredo da felicidade é revelado. Na chegada ao espaço, os visitantes recebem a “semente do sonho” para ser plantada ali, em um lugar especial.

Entre as duas mil flores pintadas à mão, uma a uma, em 3D, e a réplica de uma cascata com mais de quatro metros e uma queda d’água real, a Guardiã dos Sonhos Amabile fala sobre a importância de nunca deixar de sonhar, enquanto uma dançarina presenteia o público com uma intervenção artística.

Ludere – A Magia do Sorrir

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Jovem de riso contagiante, Papillon divide suas alegrias com o amigo imaginário Mécanique – o “Comandante de Ludere”, que tem um sorriso que tudo conserta ou, como ela  mesmo diz: “meu riso mágico”.

Com uma cenografia que mistura brinquedos, jogos e balões, criando um clima lúdico, a importância de sorrir e viver com leveza são abordados enquanto um malabarista equilibrista se integra a cena e apresenta seu número ao público.

Omne – O Universo do Saber

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A grande biblioteca, com seus mais de três mil livros cenográficos diferentes, faz uma viagem pelo saber. A sala onde mora o conhecimento possui globos, pêndulos, uma água viva imantada, ilhas para interações e ainda se move a 180°, em um dos pontos altos do espetáculo.  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O sábio conselheiro Piero, que pertence ao universo do saber, fala do grande segredo, e um mago interage com o público neste ambiente, que é um dos preferidos dos visitantes.

Bonodorom – O Aroma do Amor

Nesse espaço, uma cozinha cenográfica carregada de amor, a personagem Alessa – a defensora da humanidade, encontra o protagonista principal da história, Allegro.

Um fogão a lenha aquece as panelas e, em um efeito que remete a transição, o aroma, solidificado, se transforma em uma grande mesa.

Em meio à magia do lugar, onde objetos se movem sozinhos, num momento muito especial, todos os personagens do espetáculo se encontram para uma grande revelação: estão ligados não só pelo coração, mas também pelos laços da família. E, reunidos em volta da mesa, contam para o público aquele que, para eles, é um dos principais segredos do viver fantástico: o amor.

Memórias afetivas afloram e a emoção é o sentimento que surge nesta parte do espetáculo que conta, ainda, com Clown, o Palhaço do Amor.

Espaço Hortus II

Há um segundo jardim na casa, e é aqui que a história se encerra. Ao som de uma trilha musical cantada por todos os personagens, uma bailarina, na ponta das sapatilhas, dança livre enquanto Allegro dá um conselho aos visitantes: levar para casa tudo que aprenderam ou “reaprenderam” sobre o viver fantástico: Sonhar, Sorrir, Saber e Amar!








Você pode gostar