Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Para Jeanine Pires, a volta do turismo significa reconstrução para o setor e medidas de apoio do governo

A especialista em turismo e marketing afirma que o Nordeste é um destino muito procurado

Por Analice Nicolau 28/10/2021 1h00
A especialista em turismo e marketing afirma que o Nordeste é um destino muito procurado

Com o avanço da vacinação contra Covid-19, as pessoas voltam a ter confiança em fazer viagens e as fronteiras começam a ser reabertas para os brasileiros. Jeanine Pires, especialista em turismo e marketing de destinos, falou quais são as expectativas do setor para esse tão aguardado momento.

A primeira coisa que se deve entender é que independente de qual seja o destino. As medidas sanitárias contra Covid-19 deverão continuar sendo seguidas à risca para evitar a proliferação da doença. Em casos de viagens internacionais, os viajantes terão que ter as duas doses da vacina ou a de dose única, além de um teste de coronavírus negativo feito pelo menos 72 horas antes do embarque.

“O setor de turismo há muito tempo já se preparara com os protocolos de proteção sanitária. Então, eles devem ser seguidos, as pessoas devem colocar a máscara de proteção, usar álcool em gel e seguir todas as orientações que são dadas em cada etapa da viagem. As pessoas que são mais suscetíveis a doença podem fazer viagens para destinos mais isolados”, indica Jeanine.

De acordo com a especialista, já há um grande número de brasileiros que estão confiantes o bastante para fazer viagens. O principal destino deles é o próprio país, como em regiões do Nordeste. “O setor de turismo já vê uma reconstrução bastante positiva esse fim de ano. Para o início de 2022 já há um bom número de reservas e buscas, principalmente para o Nordeste ou destinos próximos as grandes regiões de turismo doméstico. Existe um desejo de mais de 20% dos brasileiros de viajar ao exterior, porém a alta do dólar e do euro dificultam e talvez a gente veja uma procura maior para destinos aqui da América do Sul, como Argentina ou Chile, onde a moeda brasileira está mais valorizada”.

Para ter um retorno impecável, apoiando o turismo e a população que sonha em sentir novos ares, Jeanine acredita que ainda seja necessárias medidas de apoio as empresas do setor. “Seria importante ter uma grande campanha de incentivo as viagens dentro do Brasil, mostrando e inspirando as pessoas a viajarem. No caso do exterior, acho que precisa reestruturar uma estratégia nova porque o cenário global mudou muito. É preciso traçar uma estratégia bem arrojada com inteligência comercial baseada em dados e pesquisas, aliando isso ao uso de tecnologias para conseguir recuperar o que o Brasil perdeu no cenário internacional, construir uma imagem do Brasil como destino no exterior”, pontuou.

E para quem vai em uma viagem nesse momento, Jeanine aconselha que seja feito um seguro de viagem ou garantir que o plano de saúde atenda em outros estados. A dica dela é que os brasileiros totalmente imunizados contra Covid-19 aproveitem os preços do turismo, que estão bastante atrativos atualmente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar