Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Um dos nomes mais procurados no instagram , Dr. Newton Dias fala sobre o aumento dos crimes cometidos pela internet , nesta pandemia

O advogado cuida de assuntos jurídicos de diversos famosos, como Antônia Fontenelle, Viviane Araújo, David Brazil, os ex-BBBs Gabi Martins e Gui Napolitano, e recentemente da influencer Pétala Barreiros

Por Analice Nicolau 18/06/2021 3h00
Newton Dias Newton Dias

Quem está na internet não se vê livre de, uma vez ou outra, receber críticas ou até mesmo ataques. O advogado dos famosos, Dr. newton Dias, é uma das referências em crimes digitais e recentemente tem sido procurado para tratar de diversos crimes das redes sociais.

Recentemente, ele foi contratado pela influencer Pétala Barreiros para cuidar de assuntos jurídicos relacionados à vida da ex-esposa do empresário Marcos Aurélio Santos de Araújo, que foi vítima de hates após comentar sobre episódios de abuso e traição do ex-marido.

Em entrevista, o advogado comentou sobre o aumento dos crimes na internet. “Aumentou absurdamente o número de crimes na internet, até mesmo na procura dos meus serviços. Estamos falando de um cenário onde as pessoas estão numa estafa emocional muito grande, e elas procuram se expressar nas redes sociais.

A maioria dos casos são relacionados a stalker, injuria e difamação, calúnia e danos morais. Tem uma grande procura também por pessoas que tiveram o perfil cancelado pelo Instagram, por exemplo, Nesse último caso, o cliente tem o direito de ter a sua conta reativada quando ela é suspensa de forma indevida”, comentou o advogado.

Dr. Newton ainda comentou que mesmo nas redes sociais, existe deveres básicos que precisam ser respeitados. “Sempre digo que existe uma tríade, contestar sem ofender, discordar sem agredir e militar sem citar o ódio”, comentou.

O número de denúncias anônimas de crimes cometidos pela internet mais que dobrou em 2020. De janeiro a dezembro do ano passado, foram 156.692 denúncias anônimas, contra 75.428 em 2019. Os dados levam em conta as notificações recebidas pela Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, uma parceria, da ONG Safernet Brasil com o Ministério Público Federal (MPF). O total de 156.692 é o maior número da série histórica desde que o levantamento começou, em 2014.

Segundo o advogado, “as punições são severas para aqueles que entendem que a internet são uma terra sem lei. Por exemplo, no caso da Antônia Fontenelle, que foi vítima de hate, conseguimos identificar o autor. Não existe perfil fake, por trás de cada perfil tem um CPF ou RG. Agora todas as medidas penais serão tomadas”, comentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar