Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Luisa Marilac, youtuber trans, faz cirurgia para retirada de silicone industrial

Procedimento foi realizado nesta sexta-feira (7) e foram retirados 500ml em cada seio. O influenciador Carlinhos Maia dou R$20 mil para a cirurgia.

Por Analice Nicolau 11/05/2021 12h17
Luisa Marilac Luisa Marilac

A youtuber e apresentadora trans Luisa Marilac passou por cirurgia para a retirada do silicone industrial na última sexta-feira, 7. O procedimento foi realizado em Fortaleza pelo cirurgião plástico Thiago Marra e segundo o médico, foram retirados 500ml em cada um dos seios.

Luisa tinha dois litros de silicone industrial nos seios – o uso do produto em procedimentos estéticos é proibido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e não deve nunca ser utilizado no corpo humano. Segundo Thiago Marra, “foram retirados 500ml de silicone industrial de cada mama. Infelizmente, o silicone industrial é absorvido pelo corpo e no procedimento, que é uma raspagem, tiramos o produto junto com o tecido mamário”, contou o médico.

Para ter um resultado estético mais bonito e harmônico, para o tipo de corpo de Luisa que mede 1,85m, foi necessário o procedimento de mastopexia com prótese, de 700ml. “Agora que estou em recuperação, fico pensando na coragem que tive de aplicar o silicone industrial no meu corpo. Não é fácil passar pela cirurgia, mas dou graças a Deus por ter tido essa chance de sair dessa”, contou Luisa.

A recuperação, ainda segundo o médico, dura em média 30 dias. “Esse é um procedimento mais delicado, mas como a Luisa não tem nenhuma complicação de saúde, a recuperação será tranquila, claro, seguindo todas as recomendações, como, repouso, uso do sutiã cirúrgico e drenagens linfáticas na região”, comentou.

Luisa Marilac lutava há seis meses para conseguir o dinheiro para a retirada das próteses aplicadas nos seios e mento. O influencer Carlinhos Maia fez a doação de R$20 mil para o procedimento da youtuber em abril deste ano.

Segundo Dr,Thiago Marra, “foram retirados 500ml de silicone industrial de cada mama. Infelizmente, o silicone industrial é absorvido pelo corpo e no procedimento, que é uma raspagem, tiramos o produto junto com o tecido mamário”, contou o médico

Há 10 anos como cirurgião, Thiago Marra, contou que atende cerca de três casos semelhantes ao de Luisa por mês. “O número de transsexuais que utilizam o silicone industrial é muito alto, e isso é preocupante, pois as complicações para a saúde são inúmeras”, contou.

Luisa ainda tem mais de 22 L de silicone industrial na região dos quadris e glúteos. “Eu fico pensando nas coisas que fiz quando era adolescente e me questiono, por que eu fiz isso? Hoje eu uso essa situação para informar para outras pessoas dos perigos do silicone e como isso pode influenciar na nossa saúde. Meu alerta é: Meninas, busquem soluções mais naturais possíveis, pergunte, conheça e pesquise muito, pois mais do que a nossa beleza, é a nossa saúde e qualidade de vida que está em jogo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar