Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Literatura para todas as idades: “Pé de Jambo” aborda temas relevantes desde a preservação da natureza e autoestima

Nostalgia, memórias afetivas e muitas cores invadem as páginas do livro de estreia da autora Quel Póvoas no universo infantil

Por Analice Nicolau 04/07/2022 5h30
Nostalgia, memórias afetivas e muitas cores invadem as páginas do livro de estreia da autora Quel Póvoas no universo infantil

Quantas histórias cabem embaixo de uma árvore? Com essa frase, que dá início ao prefácio de “Pé de Jambo”, os leitores entram em contato com a escrita leve e afetuosa da escritora Quel Póvoas, em seu primeiro livro publicado pela Editora Ases da Literatura, por meio do selo Asinha – dedicado ao segmento de Literatura Infantil.

A obra infantil convida o leitor, pequeno ou grande, a revisitar memórias afetivas da infância, por meio de relatos lúdicos, que se passam em um território do campo, imerso na natureza e na simplicidade do existir.

A autora pernambucana, de 34 anos, que mora no Rio de Janeiro há 15 anos, se inspira na história da sua família materna – e na sua própria infância -, ao evocar o vistoso jambeiro, que mais parece gente, e a transitoriedade do tempo, que nos traz reflexões sobre a nossa relação com o espaço e com o que acontece nele.

Além de se dedicar à escrita infantojuvenil, tendo lançado seu primeiro e-book “Um conto de Natal” de forma independente em 2021, Quel Póvoas também é jornalista, especialista em Literatura Brasileira pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e cursa licenciatura em Letras. A pernambucana escreve desde que se entende por gente e já participou de mais de dez blogs como autora de crônicas de relacionamento.

Processo por trás da obra

Com prefácio de Suélen Emerick, jornalista, poeta e mentora de escrita, e contracapa escrita por Tássia Hallais, mestra em Literatura Brasileira e autora infantojuvenil, o livro caminha por meio de temáticas importantes, como preservação da natureza, letramento, autoestima, pertencimento e família. “Comecei a escrever ‘Pé de Jambo’ em 2019, mas foi em 2020 que, após um bate-papo com a amiga Suélen Emerick, decidi dar continuidade à escrita e então nasceu esse projeto lindo!”, revela.

Quel Póvoas relata que a inspiração para escrever o livro veio de forma natural, como se em algum momento ‘Pé de Jambo’ tivesse mesmo que se materializar por meio da escrita. “O jambeiro representa pra mim a infância e a família. Ao redor de um jambeiro, vivi alguns anos iniciais da minha vida, sentindo o aroma das frutas, brincando com as flores caídas no chão. Jambo me lembra amor de avô, que tive na melhor qualidade. O livro nasce para ser um relato da Quel nascida em Recife e moradora da Rua Maria Carolina. Mas nasce também para homenagear a minha família materna e a força que o tempo tem de ressignificar todas as coisas”, compartilha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As cores de um jambeiro

Quando falamos em literatura infantil, as cores e texturas são ainda mais importantes para contar a história em questão. “Pé de jambo”, recebeu os traços de Junior Marques, que ilustra de forma profissional há cinco anos e se dedica às ilustrações infantis há dois deles. “Escolhi focar nesse segmento, por ter muito a influência de animações na minha infância e adolescência e por me dar bem com crianças. Acredito que ter um vínculo genuíno com quem vai ler e ver as ilustrações, ajuda muito no processo”, opina.

O ilustrador descreve algumas escolhas técnicas que trouxe para a obra: “Sempre tento trazer minhas ilustrações para perto da realidade das crianças, traços mais soltos, texturas, cores mais vibrantes, explorando todo o espaço disponível. E com o Pé de Jambo não foi diferente, gostei muito da história e do resultado do trabalho da Quel e meu juntos”, conta.

Muito além das páginas

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após o lançamento, em junho deste ano, a autora já tem sido convidada a palestrar em escolas e creches, onde realiza doação de um exemplar do seu livro, assim como a participar de projetos literários.

Com a consciência de que ler para uma criança (ou adulto) pode mudar o mundo, Quel Póvoas espera poder levar a magia da Literatura para muitos lares, ambientes escolares, bibliotecas e praças, além de falar sobre o tema no @minhacasaliteraria, projeto no Instagram que pretende expandir para ambientes físicos. “Quero que ‘Pé de Jambo’ entre gentilmente nas casas e embale a leitura de crianças e adultos. Quero que ele possa também estar presente nas bibliotecas e nas salas de aula. Sou apaixonada por Educação. Então seria a maior alegria ver meu livro sendo discutido em sala de aula, lido e relido, com páginas amassadas, muitas mãozinhas virando as páginas. Quero que as crianças gostem do objeto-livro e se apaixonem pela leitura. Meu maior sonho!”, se emociona.

“Pé de Jambo” está disponível para venda nos formatos físico e e-book, no site da Amazon.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar