Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

As 10 maiores Top Startups segundo o Linkedin

Nesta quarta feira 22, o Linkedin listou as dez melhores startups da atualidade. São dez empresas que destacaram no mundo dos negócios.

Por Analice Nicolau 23/09/2021 1h00
Dengo Chocolates

As startups ganharam os holofotes em todo mundo e com a pandemia conquistaram status e reputação de empresas essenciais quando falamos de soluções e serviços dentro do mundo dos negócios. Ainda de acordo com a rede social, o Linkedin, avaliação contou com a postura das empresas diante da pandemia, o uso da tecnologia para adaptação e novas diretrizes quanto a rotina de trabalho.


A rede social fez um levantamento com mais de 774 milhões de usuários. Vários critérios foram estabelecidos para a publicação da lista como: empresas independentes, não subsidiárias; empresas de propriedade privada; empresas fundadas há pelo menos sete anos; empresas com 50 ou mais funcionários; empresas com matriz no país da lista em que aparece; empresas que mantiveram 20% ou mais de sua força de trabalho entre 1º de junho de 2020 a 20 de junho de 2021.


A pesquisa também se baseou em quatro área determinantes para o resultado, que consistiu em avaliar o crescimento da empresa no número de funcionários, ou seja, a contratação de novos profissionais, o engajamento com a empresa e seus funcionários atuais, o interesse por vagas nas instituições e também na atração e captação de grandes talentos.
A rede social também deixou de fora empresas conhecidas por “think tanks”. Foram excluídas também as instituições de recrutamento e seleção de funcionários, empresas de capital de risco, escritórios de advocacia, assim como as ONGs e Instituições filantrópicas, estas por não produzirem lucro e venda de produtos, e também as aceleradoras e estatais.


Em comunicado aos veículos de imprensa, o editor chefe do Linkedin revelou: “Temos uma lista muito forte em inovação com o oferecimento de serviços digitais que foram reforçados pela necessidade do isolamento social causado pela pandemia, como serviços financeiros, negócios ligados à logística e frete com o fortalecimento dos e-commerces. Além disso, percebemos também a presença de companhias que disponibilizam produtos que fazem parte do dia a dia das pessoas, como banco digital e delivery de alimentos”.


Mas quais foram as startups que entraram nesta lista divulgada pelo Linkedin? São elas: C6 Bank (Banco digital), Neon (Fintech), Gupy (Empresa de tecnologia para recursos humanos), Kestraa (Gestão e operação de comércio exterior), Mandaê (Serviço logístico para e-commerce), Loft (Plataforma digital para compra e venda de imóveis), Dengo Chocolates (Foodtech), DataSprints (Soluções para análise de dados), Kovi (Aluguel de carros), Liv Up (Foodtech de comida natural e mercado online).








Você pode gostar