Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Família de Gugu Liberato quer conhecer pessoa que recebeu o coração do apresentador

O filho do apresentador revelou que essa é uma vontade da avó

Por Analice Nicolau 26/11/2021 8h00
O filho do apresentador revelou que essa é uma vontade da avó

Deixando o Brasil e milhares de fãs devastados, Gugu Liberato morreu em novembro de 2019. Apesar da triste morte, o que era luto representou vida para 50 famílias que receberam órgãos do apresentador. Gugu era doador e o filho, João Augusto, confessou que a avó quer muito conhecer quem recebeu o transplante do coração de Liberato.

Em um bate-papo no Instagram de Geraldo Luís, João Augusto Liberato contou que sente falta do pai todos os dias. Ele disse que, mesmo com a agenda cheia no Brasil, o apresentador sempre fazia questão de ligar para os filhos e ir visitá-los nos Estados Unidos.

A saudade não ficou apenas nos filhos, mas também na mãe de Gugu, que adora ver o neto, que sempre a lembra do apresentador. “É emocionante saber que os órgãos do meu pai, inclusive o coração, nesse exato momento estão em pessoas e é por causa disso que elas conseguiram sobreviver e estão respirando. A minha avó Maria mencionou que gostaria de conhecer a pessoa que recebeu o coração do meu pai. Ela quer sentir o coração do meu pai batendo mais uma vez, mesmo que não esteja no corpo dele”, disse João.

O filho do apresentador disse que no futuro também quer conhecer a pessoa que recebeu o coração de Gugu, ver como ela está vivendo e conhecer a história na qual a levou a precisar do transplante.  

Gugu Vive e #50Vidas

Gugu Liberato morreu em 2019, mas mesmo em morte representou vida. A família dele disse que o apresentador era doador de órgãos e mais de 50 pessoas foram salvas através dessa atitude.

Agora, a família Liberato está fazendo a campanha Gugu Vive no intuito de influenciar as pessoas a serem doadoras de órgãos. Eles pediram para que as pessoas postem fotos nas redes sociais com a hashtag #50Vidas escrito na palma das mãos, no intuito de mostrar a importância da doação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar