Menu
Analice Nicolau
Analice Nicolau

Família é Tudo” apresenta personagem trans inovador pela mão de Alan Oliveira

Após brilhar em “Vai na Fé”, Alan Oliveira retorna às telas como Babbo, um personagem trans cheio de desafios e lições de vida, na novela das 7 da Globo

Analice Nicolau

23/02/2024 16h30

Os Estúdios Globo abriram suas portas na última quinta-feira (22) para celebrar o lançamento de sua nova aposta para a faixa das 7, “Família é Tudo”, que promete capturar a atenção do público com uma trama repleta de emoção, desafios e, sobretudo, mensagens de inclusão social e empatia. Substituindo “Fuzuê”, a novela traz no seu elenco Alan Oliveira, que após o sucesso como o carismático DJ Cidão em “Vai na Fé”, agora se prepara para um papel que desafia estereótipos e preconceitos: Babbo, o braço direito de Vênus, personagem de Nathalia Dill.

No coração do enredo, Babbo emerge como uma figura de força e sensibilidade, um homem trans que, apesar das adversidades impostas pela sociedade, incluindo a luta pela retificação de seu nome, se mantém resiliente. Seu papel como professor de computação numa fundação que acolhe jovens carentes, liderada por Vênus, não apenas ilustra seu compromisso com a transformação social, mas também serve como um espelho para as questões que muitos enfrentam fora da tela.

O romance de Babbo com Bia (Nina Frosi) promete ser outro ponto alto da trama, explorando as camadas de relacionamentos construídos sobre entendimento, respeito e amor verdadeiro. Através dessa narrativa, “Família é Tudo” se propõe a ser mais que uma novela; visa ser um instrumento de discussão e reflexão sobre a realidade das pessoas trans no Brasil, promovendo um diálogo necessário sobre identidade de gênero, preconceito e inclusão.

 

Alan Oliveira, entusiasmado com o novo desafio, compartilha sua visão sobre o impacto de seu personagem: “Representar Babbo é uma responsabilidade enorme, mas também uma oportunidade incrível de trazer visibilidade para questões tão importantes. Estamos criando espaços para conversas sobre empatia, respeito e aceitação, e isso é algo que me deixa extremamente orgulhoso.”

“Família é Tudo” não é apenas um título; é um lembrete da essência da narrativa que se desdobra – o valor inestimável da compreensão, do apoio e do amor incondicional. Com personagens ricos e uma história que promete tocar profundamente em temas atuais, a novela se posiciona como um marco na teledramaturgia brasileira, pronta para conquistar corações e mentes, e talvez, mais importante, abrir caminhos para mudanças significativas na percepção social.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado