Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Evelyn Regly rebate seguidoras por críticas ao brinquedo de seu filho

Postagens da influenciadora Evelyn Regly levantam novamente o debate sobre gênero na internet

Por Analice Nicolau 27/09/2021 4h00
Postagens da influenciadora Evelyn Regly levantam novamente o debate sobre gênero na internet

A internet e consequentemente as redes sociais proporcionaram certa proximidade entre influenciadores e seus seguidores. Não é de hoje que todos nós acompanhamos o dia a dia de influencers e famosos pelas postagens, stories, reels ou também pelo Tik Tok. Com a chegada desta nova forma de consumir informações, veio também um novo modelo de interação entre os usuários e os influenciadores.

Esta nova forma de comunicação nem sempre é recheada de elogios, conta também com muitas críticas e na maioria das vezes alguns seguidores, por conta desta sensação de proximidade, se sentem encorajados a aprovar ou reprovar tal conteúdo.


Quem esteve na mira dos comentários e críticas desta vez foi a influenciadora Evelyn Regly. A digital influencer possuí uma rede de seguidores que concentram 6 milhões de perfis que a seguem. Em seu Instagram, a influencer posta seu dia a dia, os trabalhos publicitários que faz, a vida de casada e também a relação com seu filho. Algo que é bem comum neste nicho do qual Evelyn atua.


No último domingo (26 de setembro), Regly fez uma série de Stories mostrando para sua lista o novo presente de seu filho. Uma réplica de uma cozinha planejada que conta com fogão, micro-ondas, bancada, pia, geladeira e utensílios de cozinha.

Nos vídeos, os pais montam a mini cozinha para o filho que se mostra bastante contente e animado com o novo brinquedo. Porém, a atitude irritou uma parcela de seguidoras da moça. As críticas com relação aos vídeos estão na questão de muitas delas acharem que a mini cozinha não é um brinquedo para meninos e sim para meninas. Aquele velho conceito que se apoia no machismo para justificar que “lugar de mulher é na cozinha” ou que “meninas vestem rosa e meninos vestem azul”.


Não é de hoje que estas discussões tomam grandes proporções dentro das redes sociais. De um lado, pessoas com perfis conservadores que reprovam atitudes como de Evelyn Regly e de outro, perfis com viés progressistas que defendem que a criança é livre e não há esta divisão de gênero com relação a brinquedos e brincadeiras.


Assim que Evelyn Regly recebeu as críticas, ela postou em seu Instagram uma resposta para as seguidoras incomodadas. Na imagem continha o comentário da seguidora criticando a atitude que dizia: “Eu não acho legal dar brinquedo de menina para menino. Estão forçando a barra.” A influencer respondeu: Parabéns pela mensagem! Nota zero. Junto da resposta, um vídeo muito conhecido e que virou meme nas redes sociais, da música Toma Conta da Sua Vida. Em outro storie, Evelyn publicou: “Só pelo afronte postei no feed!” E para finalizar sua série de respostas às seguidoras incomodadas, postou uma frase que dizia: “O mundo muda com seu exemplo, não com sua opinião!”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A linha de brinquedos foi desenvolvida pela marca Toys & Joys. Procurada pela redação, a marca se posicionou: “A Toy&Joys nasceu com a missão de promover um brincar saudável e feliz, com o objetivo de proporcionar um desenvolvimento natural, consciente do momento presente, dando oportunidades para a criatividade e a diversão. Crianças adoram brincar, imaginar e tem a necessidade de imitar. É observando, imaginando e imitando que aprendem a se desenvolvem, então, brincam imitando.”

”A cozinha faz parte do cotidiano, promove para as crianças um cenário onde possam desenvolver suas habilidades sociais brincando, construindo memórias, se tornando autônomas, criando, imaginando, e assim vão se tornando cada vez mais participativas da vida e do mundo ao seu redor.
As nossas cozinhas de madeira são versáteis, promovem o brincar com criatividade e sem enjoar, pois são muitas as possibilidades de diversão, alegria e distração! São para todos. Criança é criança, independente do gênero. Acreditamos no brincar livre, genuíno, sem preconceitos e julgamentos.”








Você pode gostar