Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Empregos: adoção de metodologias ágeis por alunos do G4 Educação gera 100 mil postos de trabalho

Comunicado foi feito em Nova York junto ao compromisso da geração de 1 milhão de novos empregos até 2030

Por Analice Nicolau 21/05/2022 8h00
Alfredo Soares, Tallis Gomes e Bruno Nardon

Recentemente, o painel da Nasdaq na Times Square, em Nova York, recebeu um anúncio diferente. Ao invés dos tradicionais IPOs, a informação foi da geração de 100 mil empregos indiretos pelo G4 Educação, ecossistema de soluções para o empreendedor brasileiro. O número é bastante representativo ao se considerar que o Brasil fechou 2021 com cerca de 12 milhões de desempregados, situação agravada nos últimos dois anos de enfrentamento da pandemia e que ainda apresenta um cenário macro bastante desafiador, considerando momento econômico, ano eleitoral e guerra na Ucrânia.

Este dado é resultado de uma pesquisa realizada com 589 empresas (24% da base total do G4) que passaram pelos cursos de formação da edtech de 2019 até agora. As informações, definidas e validadas pelos matemáticos da USP (Universidade de São Paulo), apontam que estas empresas geraram 100 mil empregos, crescimento que corresponde a 116% do quadro de colaboradores. A metodologia ajusta, por meio de uma fórmula, o tamanho do quadro de funcionários das empresas na época do curso com a situação atual.

O estudo também aponta que os principais problemas relatados por essas empresas estão 29,7% relacionados à dificuldade em organizar, gerir o time e desenvolver uma cultura organizacional. Em seguida, com 28,5%, está o desafio de se vender mais e aumentar conversão. Outro dado interessante: os negócios menores, depois de passarem por um curso de formação, foram os que mais contrataram. As empresas com quantidade entre 10 e 50 funcionários registraram um crescimento de 169% no quadro, enquanto aquelas com mais de 1.000 colaboradores tiveram um aumento de 115%.

Para Tallis Gomes, co-founder e chairman da edtech, a missão do G4 é transformar a realidade socioeconômica do Brasil por meio da educação executiva. “Acompanhamos e direcionamos nossos alunos durante toda a jornada de crescimento, nos identificando como o ‘Waze’ da educação, uma vez que levamos o empreendedor do ponto A ao ponto B por um caminho muito mais curto e agregando valor à trajetória”, destaca Gomes.

ACRÉSCIMO DE 700% EM POSTOS DE TRABALHO

Este foi o caso da Praxio Tecnologia. “Saí do programa de formação do G4 Educação com um mindset completamente diferente, entendendo como criar um negócio ágil e escalável”, explica o CEO, Valmir Colodrão, aluno da 7ª turma da imersão e mentoria Gestão 4.0. Após sua passagem pela escola de negócios, o número de funcionários da empresa saltou de 500 para 3.500. De acordo com o executivo, este resultado é reflexo da transição de um modelo de negócio tradicional engessado para um dinâmico e baseado em indicadores relevantes, de modo que a empresa se tornou mais competitiva no mercado.

Para Gomes, grande parte das companhias brasileiras não consegue desenvolver todo seu potencial de crescimento, e isso tem impacto negativo na realidade do país. “Ao sanar este débito, nós vemos um aumento substancial de demanda por profissionais, o que leva à geração de novos postos de trabalho. Meus sócios e eu entendemos que traduzir as práticas das empresas de alto crescimento para os negócios nacionais, com uma metodologia ágil e aplicável, faz com que a realidade socioeconômica do Brasil seja transformada. Nossa meta, agora, é gerar um milhão de empregos até 2030”, enfatiza o co-founder da edtech.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A escola de negócios – fundada por Tallis Gomes (Easy Taxi e Singu), Alfredo Soares (Loja Integrada, XTech e VTEX), Bruno Nardon (Kanui, Rappi e Dafiti) e Tony Celestino (Techstars) – tem por objetivo formar a “Geração G4”, a qual será representada por empreendedores e gestores que aplicam os frameworks e ferramentas apresentados nos programas do G4.

Sobre o G4 Educação

Trata-se de um ecossistema de soluções para o empreendedor brasileiro, cujo objetivo é transformar a realidade socioeconômica do país, gerando empregos a partir do crescimento sustentável das empresas de seus alunos. O G4 Educação atua em várias frentes e oferece programas de cursos presenciais e on-line, de curta e média duração, com o intuito de traduzir as práticas das empresas de alto crescimento para a realidade dos negócios tradicionais por meio de mentores com amplo track record.

A metodologia de ensino é baseada em um conteúdo altamente aplicável e atual, assim como em ferramentas práticas, por meio das quais são abordadas as técnicas, frameworks e mecanismos de gestão de sales, customer experience e growth, utilizados pelas empresas mais inovadoras e valiosas do mundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outra vertente é o G4 Club, um clube exclusivo, formado por mais de 150 empreendedores e founders de empresas. A finalidade é criar as condições propícias para a geração de negócios, networking, experiência e desenvolvimento contínuo.

Para as empresas e seus times, há o G4 Skills, um SaaS online B2B baseado em Inteligência Artificial (IA) que elabora trilhas de conhecimento personalizadas; e o In Company, que oferece treinamento presencial totalmente customizado, de acordo com as necessidades das companhias.








Você pode gostar