Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Outubro Rosa: Linfoterapia é a única alternativa viável para tratar edemas de cirurgias de câncer de mama

Com diversos artigos publicados no Brasil e no exterior, Zucchi é docente universitário, há mais de dez anos, coordenando aulas em cursos de Fisioterapia, Enfermagem, Educação Física e Nutrição.

Por Analice Nicolau 18/10/2021 5h20
Com diversos artigos publicados no Brasil e no exterior, Zucchi é docente universitário, há mais de dez anos, coordenando aulas em cursos de Fisioterapia, Enfermagem, Educação Física e Nutrição.

“Por meio de bandagens compressivas, drenagem linfática manual, e aplicações de tapings (fitas adesivas coloridas), a linfoterapia desincha toda a região e melhora substancialmente o quadro de desconforto”, comenta o bioengenheiro e linfoterapeuta Dr. Daniel Zucchi.

Às pacientes que se submetem à uma cirurgia para tratamento de câncer de mama, naturalmente há ocorrência de edemas no local. Chamados “linfedemas”, a região dos braços e das axilas costumam a ficar inchadas. A Linfoterapia é a terapia mais indicada para tratar destas anomalias.

Na intervenção cirúrgica da neoplasia, há a retirada dos linfonodos (gânglios) e, desta maneira, a técnica linfoterapêutica é capaz de promover o “esvaziamento linfonodal”.

“Por meio de bandagens compressivas, drenagem linfática manual, e aplicações de tapings (fitas adesivas coloridas), a linfoterapia desincha toda a região e melhora substancialmente o quadro de desconforto”, comenta o bioengenheiro e linfoterapeuta Dr. Daniel Zucchi.

Sobre Daniel Zucchi:

O fisioterapeuta e mestre em Bioengenharia pela Escola de Engenharia da USP – São Carlos, Daniel Zucchi, especializou-se em Drenagem Linfática – foi pesquisador do tema durante oito anos na Escola Internacional de Terapia Linfática da Clínica Godoy-, com sede em São José do Rio Preto, interior de São Paulo (SP).

Na Escola de Engenharia da USP – São Carlos realizou pesquisas sobre cicatrização de feridas crônicas e efeito do laser em cultura de bactérias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com diversos artigos publicados no Brasil e no exterior, Zucchi é docente universitário, há mais de dez anos, coordenando aulas em cursos de Fisioterapia, Enfermagem, Educação Física e Nutrição.

Atualmente, é coordenador científico do Instituto Daniel Zucchi de Estética Avançada, único centro de referência em Linfoterapia Estética do Brasil e coordenador de pós-graduação em Linfoterapia pelo CTA – Centro de Treinamento em Anatomia.








Você pode gostar