Menu
Analice Nicolau
Analice Nicolau

BASF vai investir mais de 1 milhão de reais em projetos de educação em 2023

Os 27 projetos selecionados serão implementados nos municípios onde a BASF tem forte atuação com as comunidades, em localidades estratégicas para os seus negócios ou em iniciativas que estão sendo apoiadas pela primeira vez na área da cultura

Analice Nicolau

30/12/2022 9h00

Atualizada 29/12/2022 16h21

Os 27 projetos selecionados serão implementados nos municípios onde a BASF tem forte atuação com as comunidades, em localidades estratégicas para os seus negócios ou em iniciativas que estão sendo apoiadas pela primeira vez na área da cultura

A BASF, por meio das leis federais de incentivo, e em parceria com o Banco de Incentivados da Prosas (BIP), plataforma cuja tecnologia conecta patrocinadores e projetos de impacto social por meio de sua ferramenta de Seleção, vai fomentar 27 projetos culturais, esportivos, sociais e ambientais em 2023.

BASF patrocinou por meio de incentivo fiscal 27 projetos que contribuirão para educação científica, empregabilidade e educação ambiental e proteção dos recursos naturais e da biodiversidade

As iniciativas selecionadas serão implementadas nos municípios onde a companhia tem unidades produtivas: São Bernardo do Campo, Guaratinguetá, Indaiatuba, Jacareí e Santo Antonio de Posse, todas no estado de São Paulo, Camaçari (BA), Jaboatão dos Guararapes (PE), além de cidades estratégicas para seus negócios, como São Paulo, Recife, Rio de Janeiro, Manaus e Salvador.

A empresa também patrocinará empreendedores culturais que estão solicitando apoio pela primeira vez, que atuarão em cidades do Nordeste.

Além disso, os projetos também contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas), com foco em:

Ivânia Palmeira, consultora de Sustentabilidade e Engajamento Social da BASF com a nova ministra da Cultura, Margareth Menezes

Empregabilidade: impactar positivamente as pessoas por meio da qualificação de mão-de-obra, geração de oportunidades de trabalho e renda ou estratégias semelhantes. Oficinas, cursos, capacitação para elaboração de projetos, orientações para o mercado de trabalho cultural e esportivo, para aprendizados que podem impactar e proporcionar oportunidades são alguns dos exemplos.

Educação Científica: projetos que visam a realização ou apoio a atividades de educação científica, ambiental, tecnológica, em engenharia e matemática (STEM).

Educação Ambiental e Proteção dos Recursos Naturais e da Biodiversidade: projetos que visam a realização ou apoio a atividades de educação ambiental, proteção aos recursos naturais e à biodiversidade, como a realização de exposições e mostras elaboradas com uso de materiais recicláveis, livros, filmes e outras manifestações culturais que contribuam para a conscientização ambiental e a valorização da biodiversidade.

Projetos sociais e ambientais serão patrocinados em 2023

Priorização transversal: promoção e valorização da diversidade, priorizando mulheres, população negra, povos indígenas, pessoas com deficiência, comunidade LGBTI+ e pessoas acima de 60 anos.

Para Ivânia Palmeira, consultora de Sustentabilidade e Engajamento Social da BASF, essas ações conectam a estratégia da empresa com as necessidades das comunidades, que terão acesso aos projetos culturais, esportivos e sociais de forma gratuita. Dessa forma, a empresa se posiciona como geradora de valor também para a comunidade, ao exercer sua cidadania corporativa. “Promover impacto positivo faz parte da estratégia de engajamento social da empresa. Temos identificado oportunidades de conectar vários segmentos da sociedade, gerando valor financeiro, social e ambiental para todos”, explica.

Além de projetos com incentivo fiscal para patrocínio, a BASF também fomenta com recursos próprios projetos com impacto social por meio do edital Conectar para Transformar. Neste ano, foram selecionados 12 projetos de impacto social e ambiental para serem implementados em 2023 em países como Brasil, Argentina e Chile.

Em 2022, quase 600 mil pessoas foram beneficiadas pelas 197 ações de engajamento social da BASF na América do Sul. O impacto partiu tanto da rede de parceiros da empresa, como também de seu programa de voluntariado, que conta com cerca de 1 mil colaboradores em todo o continente.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado