Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Página destinada aos anos 80, 90 e 2000, “Aquela Infância” faz sucesso nas redes sociais com entrevistas com famosos da época

A página coleciona mais de 60 mil seguidores, mais de 190 entrevistas, loja virtual e mais de 1,5 milhões de impressões semanais.

Por Analice Nicolau 20/04/2021 10h29
Aquela Infância

Quem não gosta de recordar boas memórias, não é?! Ainda mais quando elas fazem parte de momentos como as décadas de 80, 90 e 2000. E para quem ama recordar, um dos sucessos nas redes sociais é o “Aquela Infância”, página destinada a entrevistas, fotos e vídeos que fizeram

Tudo começou com uma homenagem ao apresentador Gugu Liberato, que faleceu em 2019, nos Estados Unidos. A página criada por Rebeca Agapito fazia referência ao trabalho desenvolvido pelo apresentador nos últimos anos na televisão. Depois, logo começaram as fotos de brinquedos, músicas e artistas da época.

“A aceitação desse público que se identificava com as postagens foi tão grande, que em pouco tempo, a página já estava com muitos seguidores, comentários e interação. Aquilo foi um impulso para que eu continuasse o trabalho”, comentou.

Dali em diante, começaram as lives com entrevistas e diversos artistas convidados, como a dançarina Rita Cadilac, Mariane Oliva, atriz de Chiquititas, até membros da família de Dinho, ex-vocalista do Mamonas Assassinas.

“A maioria das pessoas pensam que só porque os artistas dessas épocas não estão mais na mídia, significa que elas pararam de fazer sucesso ou trabalhar, e a realidade não é essa. Quando a página começou a crescer, as pessoas que acompanhavam as entrevistas, pediram mais e ainda sugerem nomes”, comentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A interação aumentou, e agora a página coleciona mais de 60 mil seguidores, mais de 190 entrevistas, loja virtual e mais de 1,5 milhões de impressões semanais.

“Essa foi uma época muito marcante. Da minha infância mesmo lembro dos momentos brincando na rua, da segurança e também de novelas que marcaram minha vida, como “A Viagem” e “Quatro por Quatro”. É muito bom ter com quem dividir essas lembranças na rede social”, conta.

Acesse e conheça o trabalho: @aquelainfancia

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar