Menu
Analice Nicolau
Analice Nicolau

Aeroporto Salgado Filho: diagnóstico de recuperação será apresentado em quatro semanas

Governo Federal e Fraport discutem prazos e segurança para reabertura gradual do terminal no Rio Grande do Sul

Analice Nicolau

19/06/2024 11h00

Aeroporto Salgado Filho terá reabertura gradual em foco após enchentes

Em uma reunião realizada na tarde desta terça-feira (18) no Palácio do Planalto, o Governo Federal, através do Ministério de Portos e Aeroportos e da Comunicação Social, anunciou que o diagnóstico da análise de recuperação do aeroporto Salgado Filho, no Rio Grande do Sul, será apresentado em quatro semanas. Este prazo foi determinado considerando a análise técnica em andamento sobre as condições de segurança da pista e dos equipamentos afetados pelas enchentes que atingiram a maioria dos municípios do Estado.

O ministro Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos) destacou os esforços conjuntos do governo e da concessionária Fraport para buscar soluções rápidas e seguras para a reabertura do aeroporto. “O mais importante neste momento é garantir a segurança dos profissionais e dos passageiros. Seria um erro permitir a retomada das operações sem assegurar a segurança da pista,” afirmou o ministro.

Paulo Pimenta, ministro da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, explicou que o prazo para a apresentação do diagnóstico foi acordado com o CEO global da Fraport. Ele também mencionou a expectativa de uma reabertura gradual do terminal. “O executivo da Fraport foi categórico ao reafirmar o compromisso da empresa em trabalhar para que o aeroporto volte a funcionar o mais rápido possível. É compreensível que a reabertura não seja total imediatamente, mas insistimos que isso deve ocorrer com a máxima segurança,” disse Pimenta.

Desde o dia 3 de maio, o aeroporto Salgado Filho está completamente fechado devido às enchentes. Para mitigar os impactos aos moradores do estado, o Governo Federal abriu a Base Aérea de Canoas para a aviação comercial, oferecendo cinco voos diários, com previsão de aumentar para dez frequências por dia até o final da próxima semana.

Apenas o terminal de cargas do aeroporto Salgado Filho retomou suas operações no dia 11 de maio, após passar por uma vistoria e receber autorização da Anvisa, Receita Federal e Vigiagro do Ministério da Agricultura e Pecuária. A recuperação do aeroporto segue sendo uma prioridade, com foco na segurança e eficiência operacional.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado