Futebol

Hungria surpreende e derruba a favorita Áustria na estreia

Por Arquivo Geral 14/06/2016 8h55
REUTERS/Sergio Perez Livepic

A Hungria estreou na Eurocopa com o pé direito. Nesta terça-feira, em Bordeaux, a seleção superou a Áustria, por 2 x 0, e somou os primeiros três pontos na competição. Os gols foram marcados por Szalai e Stieber. O segundo entrou no segundo tempo e sacramentou o triunfo de seu país. A partida marcou a volta da Hungria à fase final da Euro, depois de 44 anos. A última participação havia sido em 1972, em torneio disputado na Bélgica. A equipe terminou em quarto lugar na ocasião, sendo eliminada pela União Soviética, na semifinal.

O confronto começou movimentado. No primeiro minuto, Alaba, estrela austríaca, acertou a trave. Na sequência, os húngaros responderam, com Kleinhesler, que exigiu defesa de Almer. Depois disso, as chances claras se tornaram mais raras, mas as duas equipes finalizam, ainda que sem muito perigo. A grande oportunidade apareceu novamente aos 34, quando Junozovic bateu de voleio, com o goleiro Király realizando grande intervenção.

Aos 40, a Áustria teve mais uma possibilidade clara de abrir o placar. Arnautovic cruzou rasteiro e Harnik chegou de carrinho, mas bateu errado na bola, que saiu à esquerda do gol da Hungria. No último lance antes do intervalo, o time de Bernd Storck finalizou com Dzsudzsak, mas o chute acabou passando por cima da baliza austríaca, definindo o 0 x 0 como placar do intervalo.

O início de segundo tempo teve a Hungria arriscando muitas finalizações. Aos 8, novamente Dzsudzsak tentou, e Almer fez grande defesa, salvando seu país. Aos 16, não teve jeito. Szalai tabelou com Kleinheisler e saiu na cara do goleiro austríaco e colocou no fundo das redes, marcando o primeiro tento da Hungria.

Na sequência, a situação ficou ainda mais difícil para os austríacos. Dragovic fez falta em Kádár e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso da partida. Com isso, o time de Marcel Köller, precisando do empate, abriu ainda mais espaços para os rivais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aos 25, Németh bateu cruzado, com firmeza, mas o arqueiro Almer apareceu muito bem, mandando para escanteio. A resposta veio aos 27, quando a Áustria chegou com Sabitzer, mas a bola subiu. Nos minutos finais, precisando do gol, os austríacos foram com tudo para cima, mas as finalizações acabavam bloqueadas pelo forte sistema defensivo do adversário, que lutava para manter a vitória.

Com o contra-ataque à disposição, a Hungria chegou ao segundo gol, aos 41. Stieber recebeu livre, avançou sozinho desde o meio-campo e tirou de Almer com categoria, encobrindo o arqueiro e ampliando a vantagem de sua equipe. Depois disso, bastou à equipe de Bernd Storck administrar a vantagem, esperar o apito final em Bordeaux, e garantir importante vitória, na briga por um lugar nas oitavas de final da competição continental.

ÁUSTRIA 0 x 2 HUNGRIA

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Local: Estádio Matmut Atlantique, em Bordeaux (França)

Árbitro: Clément Turpin (França)

Assistentes: Fréderic Cano (França) e Nicolas Danos (França)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cartões amarelos: Dragovic (Áustria), Németh (Hungria)

Cartão vermelho: Dragovic (Áustria)

Gols: Szalai, aos 16, e Stieber, aos 41, minutos do segundo tempo

ÁUSTRIA: Almer; Klein, Dragovic, Hinteregger e Fuchs; Baumgartlinger e Alaba; Harnik (Schöpf), Junozovic (Sabitzer) e Arnautovic; Janko (Okotie). Técnico: Marcel Köller

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

HUNGRIA: Király; Fiola, Guzmics, Lang e Kádár; Gera; Nagy, Kleinheisler (Stieber), Dzsudzsak e Németh (Pintér); Szalai (Priskin). Técnico: Bernd Storck






Você pode gostar