Torcida

Botafogo obtém virada no final sobre Fortaleza e John Textor festeja com torcida

O investidor John Textor, emocionado, foi até a torcida para festejar a primeira vitória do time em casa e agitou uma enorme bandeira

O Botafogo obteve a primeira vitória como mandante no Campeonato Brasileiro, ao derrotar o Fortaleza, neste domingo, no Engenhão, de virada, por 3 a 1, em duelo válido pela sexta rodada. Já o time cearense permanece sem vitória na competição nacional.

O Botafogo alcançou os 11 pontos e está em quarto lugar na classificação, enquanto o Fortaleza é o lanterna, com apenas um ponto ganho. O detalhe que mudou o jogo foi a expulsão de Ceballos, aos 39 minutos da primeira etapa.

Após o apito final, o investidor John Textor, emocionado, foi até a torcida para festejar a primeira vitória do time em casa e agitou uma enorme bandeira do clube..

O panorama do primeiro tempo pouco é visto no futebol brasileiro Apesar do jogo no Engenhão, o Fortaleza procurou o ataque desde o início e equilibrou as forças com o Botafogo.

A ofensividade das equipes criaram a possibilidade de contra-ataques e em um deles o Botafogo poderia ter aberto o placar, mas Victor Sá estava em posição de impedimento.

O Fortaleza não se intimidou e, aos 13 minutos, Lucas Lima é lançado, toca para o miolo da área. Romero divide com Gatito e a bola sobra para Moisés rolar para as redes. O VAR analisou o lance por três minutos antes de validar o gol cearense: 1 a 0.

A dsvantagem no placar desestabilizou o Botafogo, que demorou para se recuperar psicologicamente na partida. Já o Fortaleza mostrou maturidade para tocar a bola e esperar o surgimento de espaços. Em um desses lances, Romero por pouco não sai na cara de Gatito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quando parecia que os times iriam se resguardar para o intervalo, foi quando o jogo pegou fogo. Ceballos recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o Fortaleza com dez homens em campo.

No lance seguinte, aos 41, Victor Cuesta recebeu pela esquerda e cruzou para Erison desviar para empatar a partida. O clima no Engenhão ficou eletrizante. Os cariocas tentaram usar a superioridade numérica de atletas e Tchê Tchê quase fez o segundo, mas o Fortaleza não se entregou e a disputa ficou aberta para a etapa final.

Como se esperava, Juan Vojvoda mudou o Fortaleza para o segundo tempo, ao substituir o centroavante Romero pelo zagueiro Titi na tentativa de reorganizar a equipe.

O jogo continuou muito disputado. O Botafogo pressionou, mas o Fortaleza foi perigoso nos lançamentos longos para Pikachu. Aos dez minutos, o VAR anulou um gol de Erison. Do lado do Fortaleza, o destaque foi a habilidade e coragem de Moisés. Mas foi Kayzer, em cobrança de falta, aos 29, que forçou Gatito a fazer bela defesa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Todo o entusiasmo dos mais de 20 mil torcedores presentes ao Engenhão virou cobrança ao final dos 89 minutos, com o Botafogo não ten do sucesso em furar o bloqueio do Fortaleza, que mostrou grande poder de organizaçção apesar de ter um jogador a menos em campo.

Mas a virada veio aos 44 minutos. Patrick de Paula bateu falta, a bola desviou Pikachu e ‘matou’ o goleiro Marcelo Boeck: 2 a 1. O Fortaleza se desorganizou e o Botafogo aproveitou para fazer o terceiro com Daniel Borges, aos 48, para delírio da torcida no Engenhão.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 X 1 FORTALEZA

BOTAFOGO – Gatito Fernández; Saravia (Hugo), Kanu, Víctor Cuesta e Daniel Borges; Tchê Tchê (Patrick de Paula), Luís Oyama e Lucas Fernandes (Chay); Erison, Diego Gonçalves (Vinícius Lopes) e Victor Sá. Técnico: Luís Castro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

FORTALEZA – Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto e Ceballos; Yago Pikachu, Felipe, Hércules, Lucas Lima (Renato Kayzer) e Lucas Crispim (Igor Torres); Silvio Romero (Titi) e Moisés (Juninho Capixaba). Técnico: Juan Vojvoda.

GOLS – Moisés aos 13 e Erison aos 41 minutos do primeiro tempo. Patrick de Paula aos 44 e Daniel Borges aos 48 do segundo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CARTÕES AMARELOS – Kanu, Diego Gonçalves, Patrick de Paula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CARTÃO VERMELHO – Ceballos.

RENDA – R$ 577.386,00.

PÚBLICO – 23.616 presentes (21.782 pagantes).

LOCAL – Engenhão, no Rio.

Matéria publicada em 16 de maio de 2022 04:59

Redação Jornal de Brasília

Notícias Recentes

Juliette é acusada pelo MBL de fazer campanha para Lula em show em Caruaru

Pré-candidatos ao legislativo por São Paulo pedem multa por cantora ter supostamente usado festa como showmício

5 de julho de 2022

Polícia Civil do DF divulga imagem de suspeito de feminicídio

A Polícia Civil do Distrito Federal divulgou a imagem de Gustavo Brito de Carvalho, suspeito de ter cometido feminicídio

5 de julho de 2022

Embaixada da França transmite filmes de graça toda quarta-feira

Confira os longas selecionados para o mês de julho

5 de julho de 2022

Série sobre assassinato da atriz Daniella Perez tem data de estreia

Composta de cinco episódios, produção conta com direção de Tatiana Issa e Guto Barra, que assina o roteiro

5 de julho de 2022

Igreja fundada por Flordelis é fechada no Rio de Janeiro por falta de pastores

Pastores migraram para outras igrejas e levaram boa parte dos fiéis consigo

5 de julho de 2022

Três morrem e sete ficam feridos em festa de rua, em novo tiroteio nos EUA

Um tiroteio registrado em uma festa de rua nos EUA, deixou pelo menos três pessoas mortas e outras sete feridas…

5 de julho de 2022

This website uses cookies.