Jornal de Brasília

Informação e Opinião

JBr Play

Sem entrar na complicada discussão sobre se tinha ou não razão o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na fala em que comparou as ações de Benjamin Netanyahu contra os palestinos na Faixa de Gaza ao que fez Hitler com os judeus, o fato é que a declaração gerou mais um ingrediente de complicação no já conturbado ambiente político em que o governo trava as suas relações com o Congresso.

Parlamentares que já estavam em Brasília na segunda-feira (19) avaliam que a fala pode vir a atrapalhar as tentativas de entendimento que vinham sendo feitas, especialmente no Senado, para fazer avançar temas como a reoneração dos 17 principais setores da economia. Temia-se que um chamado para qualquer debate mais aprofundado acabasse virando um espaço para ataques da oposição ao governo, a partir da fala de Lula. Em um ano que já será encurtado pelas eleições municipais, o avanço das pautas de interesse necessita de um ambiente de tranquilidade. E o que disse Lula não ajuda na criação desse ambiente.

É o que analisam Alexandre Jardim e Rudolfo Lago no JBrNews de hoje.

Lula ataca Israel, mas fala resvala no Congresso

Passado o carnaval, o ano político agora começa de fato, com a retomada da pauta deliberativa do Congresso. E a semana promete com a adição de outros fatos que devem tornar as coisas mais agitadas. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva retorna ao Brasil depois da frase, para dizer o mínimo, polêmica na Etiópia sobre a guerra entre Israel e o Hamas, comparando com o holocausto judeu.

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, vive a expectativa de ser convocado para explicar como se deu a fuga de dois criminosos no presídio de Mossoró (RN). E, no final de semana, haverá o ato convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro na Avenida Paulista. É com esse ambiente que Câmara e Senado retomam os seus trabalhos.

Os detalhes desse retorno agitado dos trabalhos no Congresso com todos esses ingredientes adicionados são o tema do JBrNews de hoje. Com Alexandre Jardim e Rudolfo Lago.

Israel, presídio, Bolsonaro, Congresso… Agora, o ano começou!

As comemorações da maior festa do Brasil chegaram ao fim. Mas não é porque o Carnaval acabou que o quadradinho vai ficar sem diversão. O final de semana na capital, promete uma recheada agenda para todos os gostos, tem show de humor com o grupo G7, com “A Intimidade é uma M*rda”, show na Infinu da banda Porta do Mundo e espetáculo de dança da companhia Corpus Entre Mundos. Confira a lista completa.

Rir sempre vai ser a melhor opção 

Foto: Divulgação

Para curar a ressaca do carnaval, nada melhor que ir se divertir com o G7! O grupo se apresenta mais duas vezes para finalizar a temporada da comédia: “A Intimidade é uma M*rda”. As apresentações da acontecem neste sábado (17) e domingo (18), sempre às 19h, no Teatro La Salle – 906 Sul. É a última chance para conferir este sucesso. Os ingressos estão disponíveis no site do G7, a partir de R$ 32.

G7 – A Intimidade é uma M*rda
Data: Sábado (17) e domingo (18)
Local: Teatro La Salle – 906 Sul
Ingressos: G7

Um show para animar o seu sábado

Banda Porta do Mundo – Foto: Divulgação

A banda do DF, Porta do Mundo se apresenta neste sábado (17), na Infinu Comunidade Criativa seu show de pré-lançamento de seu primeiro álbum, “Fervo Brasília”. O grupo faz uma grande celebração repleta de sensações, intenções e significados. Os ingressos estão disponíveis no site da Sympla, a partir de R$ 25.

Porta do Mundo na Infinu
Data: Sábado (17)
Local: Infinu Comunidade Criativa – CRS 506 Bloco A Loja 67
Ingressos: Sympla

Diversidade na dança

Companhia de Dança Corpus Entre Mundos – Foto: Divulgação/Humberto Araujo

A Companhia de Dança Corpus Entre Mundos apresenta neste final de semana o espetáculo “Corpus”, uma celebração da diversidade cultural e artística que transcende fronteiras e conecta diferentes mundos através da linguagem universal da dança. Os talentosos artistas realizam sua performance no Espaço Cultural Renato Russo, com ingressos a partir de R$ 15, no site da Sympla.

Corpus
Data: Sábado (17) e domingo (18)
Local: Espaço Cultural Renato Russo – W3 Sul Ingressos: Sympla

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Para não ficar parado 

Foto: Divulgação

Infinu Comunidade Criativa recebe neste sábado (17), a terceira edição da festa Atrévete com os melhores hits de reggaeton e pop latino. O evento conta com a batida envolvente do dembow ao som dos DJs residentes – Blackfera e La Nieta – além do convidado especial, DJ Tumba’o! Você não pode ficar de fora. Os ingressos estão disponíveis no site da Sympla, a partir de R$ 40.

Atrévete
Data: Sábado (17)
Local: Infinu Comunidade Criativa
Ingressos: Sympla

Ressaca pós-carnaval na agenda Brasília

É oficial finalmente o Carnaval chegou! E quem gosta da folia pode ir se preparando para a festa. Confira uma lista de eventos preparada pelo JBr que vai sacudir o Distrito Federal.

Foto: Divulgação

Tropicalismo no carnaval com “Vamos FullGil” 

No domingo (11), das 10h às 19h, o bloco de rua Vamos FullGil criado em 2019 celebrará o repertório do cantor e compositor Gilberto Gil e da Tropicália e sua expressão democrática, no Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte). A programação inclui apresentações das bandas YPU e Saci Wèrè, e DJs Loly Alves, Umiranda e Odara Kadieg. A entrada é gratuita.

Bloco Vamos FullGil
Data: domingo (11)
Local: Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte)
Entrada gratuita

Foto: Divulgação

Baratona e a sua tradição 

O tradicional bloco Baratona vai sacudir Brasília na próxima segunda (12), com saída a partir das 13h30, no Parque da Cidade. O evento é um dos mais esperados do Carnaval da cidade.

Baratona
Data: segunda (12)
Local: Parque da Cidade
Entrada gratuita

Foto: Divulgação

Bloco das Divinas Tetas

Neste ano, o Bloco das Divinas Tetas celebra seu retorno “oficial” ao carnaval, pós-pandemia, estruturando a festa com recursos próprios. O show acontecerá na segunda-feira (12), das 11h às 18h no gramado da Biblioteca Nacional. Com entrada gratuita.

Divinas Tetas
Data: Segunda (12)
Local: Gramado da Biblioteca Nacional
Entrada gratuita 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foto: Divulgação

Carna histórico com bloco Rebu 

O Rebu, maior bloco sapatão da capital, realizará uma edição histórica neste Carnaval . O grupo se reunirá no sábado (10), das 10h às 19h, no estacionamento do Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte). Focado em artistas e profissionais LBTs, o bloco tem entrada gratuita e é aberto a todos que apoiam as causas LGBTQIA+.  

Bloco Rebu
Data: sábado (10)
Local: Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte)
Entrada gratuita

Foto: Divulgação

Galinho para sempre no quadradinho 

O Galinho de Brasília, criado por amigos pernambucanos inspirado no Galo da Madrugada, está de volta e com mais de 30 anos de festa. Trio elétrico, instrumentos de sopro, sombrinhas de frevo e fantasias coloridas garantem a folia no próximo sábado (10), a partir das 9h com concentração no estacionamento da Matriz da Caixa. A entrada é gratuita. 

Galinho de Brasília
Data: sábado (10)
Local: Setor de Autarquias Sul (SAS), quadras 03/04, estacionamento da Matriz da Caixa.
Entrada gratuita

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foto: Divulgação

‘Feliz Carnaval, Meu Amor’ com Fica Comigo

Diretamente do Rio de Janeiro, o bloco “Feliz Carnaval, Meu Amor” com o Fica Comigo vai alegrar o sábado (10) do Distrito Federal. Com ingressos disponíveis a partir de R$ 85, no site do Ingresse.

Feliz Carnaval, Meu amor
Data: sábado (10)
Local: Espaço Monumental Alvorada – Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2
Ingressos: Ingresse

Foto: Divulgação

Monobloco na AABB

Quando o assunto é carnaval de rua, o grupo Monobloco é referência. No domingo (11), os foliões podem curtir o evento na AABB, a partir das 19h. Os cariocas surgiram em 2000 e são conhecidos por incorporar estilos musicais brasileiros ao samba, incluindo clássicos carnavalescos. Os ingressos podem ser comprados a partir de R$ 50, no site do Ingresse

Monobloco na AABB
Data: Domingo (11)
Local: AABB – Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2
Ingressos: Ingresse

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foto: Divulgação

Bloquinho Rock Folia agita a programação 

Quem disse que quem curte rock não vai curtir? Na segunda-feira (12), o Bloquinho Rock Folia do Carna Contexto apresenta Daniela Firme, vocalista do grupo Rock Beats, Marcelo Mira, à frente de Alma Djem, e Alex Hurtado da Banda Heat, Bloco Eduardo e Mônica, banda Da Massa, dj Vini costa e TAY e banda com hits de Axé 90.Os roqueiros vão aproveitar a folia a partir de 12h, no Contexto Bar e Restaurante, com ingressos a partir de R$ 40, no site da Sympla

Rock folia
Data: Segunda (12)
Local: Contexto Bar e Restaurante – Cotal Mil Iate Clube – SCES trecho 2 – conjunto 26/27
Ingressos: Sympla

Foto: Divulgação

A criançada não pode ficar de fora da festa!
Carnapati para os pequenos 

O bloquinho de rua infantil Carnapati, do grupo de Teatral Mapati, promete agitar o DF com uma programação cheia de música, dança e diversão para toda a família. A diversão acontece nesta segunda-feira (12) a partir das 10h, no estacionamento do Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte). A entrada é gratuita. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Carnapati 2024
Data: segunda (12)
Local: Estacionamento do Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte)
Entrada: Gratuita

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Carnaval agita o quadradinho: confira a agenda de blocos de rua

Enquanto a Polícia Federal faz operações que atingem diretamente o ex-presidente Jair Bolsonaro e seu núcleo mais duro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz movimentos que talvez consigam de fato ultrapassar o caminho da polarização intensa que o país viveu nos últimos tempos.

Caminhos que fazem o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), um dos personagens políticos que mais se aproveitou disso, reagir fortemente. Nos últimos dias, Lula fez gestos de aproximação com os três principais governadores de oposição: Tarcísio de Freitas (Republicanos), de São Paulo; Claudio Castro (PL), do Rio de Janeiro, e Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais. Essa construção de pontes passa também pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Um jogo que foi percebido por Lira. Que interpretou que a sugestão de diálogo que Lula fez na mensagem que enviou na abertura dos trabalhos do Congresso pode não ser exatamente com ele.

Os movimentos de Lula e a reação de Lira são o tema do JBrNews de hoje. Com Alexandre Jardim e Rudolfo Lago.

Lula quer diálogo. Mas pode não ser com Arthur Lira