fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Promoções

A sertaneja contra o caipira

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A disputa de hoje, pelos R$ 500 mil do Big Brother Brasil 3 vai ser um verdadeiro paredão de titãs. De um lado a professorinha Elane, menina humilde da cidade de Itanhém, no interior da Bahia, que é o xodó de Pedro Bial. Do outro, o imbatível e favorito ao prêmio, o mineiro-goiano Dhomini, que, até ontem, tinha 62% da simpatia dos internautas.
Os dois sobreviventes ficaram no páreo depois que a paulista Viviane Oliveira, de 28 anos, foi eliminada do Big Brother Brasil 3 no paredão de domingo, deixando o caminho livre para Elane disputar os R$ 500 mil com Dhomini.
Viviane recebeu 59% dos votos dos telespectadores do programa, que participaram por meio da Internet, telefone e mensagens por celular.
Ao conquistar a liderança da casa na penúltima semana de jogo, a advogada garantiu presença entre os três finalistas, mas foi emparedada com Elane automaticamente quando Dhomini assumiu o posto de último líder do BBB 3.

Viviane é fã da atriz norte-americana Jennifer Lopez e pretende adotar o nome artístico “Jennifer Vivi Lopez”, em homenagem à musa. Porém, entre os homens da casa, ficou conhecida como a “Futilidade”, parceira da “Inutilidade” Elane. O apelido foi criado por Harry, irritado com a vaidade excessiva da colega.

Um dos momentos mais críticos de sua passagem pelo BBB foi a prova em que precisou permancer acorrentada aos brothers por três dias. Durante todo esse tempo, não pôde se maquiar como gostaria, nem escolher suas melhores roupas.

Vivi é formada em Direito. Conseguiu fazer o curso graças a uma bolsa de estudos, da mesma forma que estudou espanhol, francês e inglês. Se vencesse o Big Brother Brasil 3, pretendia deixar de concorrer a bolsas e pagar um curso de Moda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O assessor parlamentar Dhomini ganhou a prova do líder que foi realizada em três etapas. A prova foi com perguntas sobre os hábitos da casa e os outros big brothers. Dhomini ganhou por responder onde Alan passou a infância.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Promoções

A sertaneja contra o caipira

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A disputa de hoje, pelos R$ 500 mil do Big Brother Brasil 3 vai ser um verdadeiro paredão de titãs. De um lado a professorinha Elane, menina humilde da cidade de Itanhém, no interior da Bahia, que é o xodó de Pedro Bial. Do outro, o imbatível e favorito ao prêmio, o mineiro-goiano Dhomini, que, até ontem, tinha 62% da simpatia dos internautas.
Os dois sobreviventes ficaram no páreo depois que a paulista Viviane Oliveira, de 28 anos, foi eliminada do Big Brother Brasil 3 no paredão de domingo, deixando o caminho livre para Elane disputar os R$ 500 mil com Dhomini.
Viviane recebeu 59% dos votos dos telespectadores do programa, que participaram por meio da Internet, telefone e mensagens por celular.
Ao conquistar a liderança da casa na penúltima semana de jogo, a advogada garantiu presença entre os três finalistas, mas foi emparedada com Elane automaticamente quando Dhomini assumiu o posto de último líder do BBB 3.

Viviane é fã da atriz norte-americana Jennifer Lopez e pretende adotar o nome artístico “Jennifer Vivi Lopez”, em homenagem à musa. Porém, entre os homens da casa, ficou conhecida como a “Futilidade”, parceira da “Inutilidade” Elane. O apelido foi criado por Harry, irritado com a vaidade excessiva da colega.

Um dos momentos mais críticos de sua passagem pelo BBB foi a prova em que precisou permancer acorrentada aos brothers por três dias. Durante todo esse tempo, não pôde se maquiar como gostaria, nem escolher suas melhores roupas.

Vivi é formada em Direito. Conseguiu fazer o curso graças a uma bolsa de estudos, da mesma forma que estudou espanhol, francês e inglês. Se vencesse o Big Brother Brasil 3, pretendia deixar de concorrer a bolsas e pagar um curso de Moda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O assessor parlamentar Dhomini ganhou a prova do líder que foi realizada em três etapas. A prova foi com perguntas sobre os hábitos da casa e os outros big brothers. Dhomini ganhou por responder onde Alan passou a infância.


Leia também
Publicidade